Trânsito na ponte do Rio do Sal será modificado a partir desta quinta, dia 30

Não será permitida a passagem de caminhões e os ônibus terão a sua velocidade reduzida para no máximo a 30 km p/ hora, passando um de cada vez. Os outros veículos menores, como automóveis, carroças, bicicletas e pedestres, estarão liberados normalmente
 Dando seguimento ao planejamento de manutenções preventivas das pontes existentes em Aracaju e grande Aracaju, o Governo do Estado fará mais uma manutenção preventiva. Dessa vez, a ponte do Rio do Sal, que liga as localidades do Bairro Coqueiral, em Aracaju, ao Marcos Freire II, no município de Nossa Senhora do Socorro, recebe os serviços.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa, reuniu equipe, nesta segunda-feira, para discutir a execução dos serviços

Os serviços são realizados por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra), com execução da Cehop. Será necessária a restrição parcial do fluxo de veículos pesados a partir desta quinta-feira, dia 30. O horário de início da operação será às 6h da manhã. Não será permitida a passagem de caminhões e os ônibus terão a sua velocidade reduzida para no máximo a 30 km p/ hora, passando um de cada vez. Os outros veículos menores, como automóveis, carroças, bicicletas e pedestres, estarão liberados normalmente. A operação contará com a orientação do trânsito realizada pela SMTT’s de Aracaju e de Nossa Senhora do Socorro. Serão instalados também sinalizações, redutores de velocidade, além da presença dos agentes de trânsito ao longo da ponte.
O início da obra de manutenção será realizada até a primeira quinzena de abril, mas a restrição do fluxo de veículos pesados se dará a partir da próxima quinta feira dia 30, em função da necessidade de observações complementares por parte dos técnicos e da implantação de logística para início da manutenção.

A obra está programada para ser realizada no período de 180 dias, podendo encerrar os serviços antes do prazo e terá um custo de mais de R$2 milhões. O trânsito será liberado de acordo com a execução dos serviços.

Para tanto, na manhã desta segunda-feira, 27, se reuniram com o secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa; Antônio Vasconcelos, diretor presidente do DER; Caetano Quaranta, presidente da Cehop; Francisco Nascimento Filho, secretário de Infraestrutura de Nossa Senhora de Socorro; José Toledo, superintendente da SMTT de Nossa Senhora do Socorro; Samuel Santana diretor de trânsito da SMTT de Nossa Senhora do Socorro; Augusto Magalhães, diretor de transporte público da SMTT de Aracaju; Heráclito Oliveira, diretor administrativo da SMTT Aracaju; Ancelmo de Souza, diretor técnico do DER. O encontro definiu as ações operacionais e as responsabilidades de cada órgão, durante o período de manutenção.

“Essa ação é de suma importância para garantir a segurança de todos que transitam em cada ponte. Algumas pontes são bastante antigas e precisam de manutenção. O governador Jackson Barreto reconhece a importância desse tipo de intervenção e não tem poupado esforços para realizá-las. Já foram investidos, só em Aracaju, com essas intervenções mais de R$ 4 milhões, sem contar nas manutenções periódicas que são feitas na ponte Aracaju-Barra dos Coqueiros, Joel Silveira e Gilberto Amado”, ressalta o  secretário de Estado de Infraestrutura, Valmor Barbosa.

Foram realizados serviços de recuperação da Ponte na Avenida Heráclito Rollemberg, no Conjunto Orlando Dantas, no valor de R$ 483.057,91; recuperação da Ponte na Avenida Heráclito Rolemberg, no Conjunto Augusto Franco, no valor de R$ 338.608,82; recuperação da ponte do Rio do Sal na divisa Aracaju/ Nossa Senhora do Socorro  pelo conjunto João Alves/ Lamarão no valor de R$ 1.441.619,85; recuperação das duas Pontes sobre o Rio Poxim, sendo uma no sentido bairro Atalaia ao centro e a outra no sentido Centro da Cidade ao bairro Atalaia; recuperação da Passarela anexa à ponte sobre o Rio Poxim, na Avenida Paulo Barreto ao lado do Parque dos Cajueiros no valor total de R$ 3.265.627,10.

Comente: