Sergipe receberá acelerador linear do Ministério da Saúde

Secretário José Sobral
Secretário José Sobral

Em breve, a Unidade de Oncologia do Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) receberá mais um equipamento de radioterapia. O equipamento faz parte do Programa de Expansão da Radioterapia do Ministério da Saúde e Sergipe foi um dos estados contemplados com um dos 80 aparelhos distribuídos em todo o país. O novo acelerador se somará ao atual aparelho 3D, instalado há 16 anos.

“O Ministério da Saúde identificou a necessidade de implantar 80 equipamentos de radioterapia em todo o Brasil, diante do constante surgimento de casos do câncer. Seguindo o cronograma, este ano é a vez de Sergipe receber o seu. Não é rápido o processo de aquisição da licença ambiental e da Comissão Energia Nuclear, a instalação e testes. O Ministério da Saúde deve iniciar o processo de instalação em 60 dias, com previsão de conclusão para 10 meses. O local onde será instalado possui 200 metros quadrados e as obras consistem na construção de um bunker (local específico destinado a abrigar os aceleradores), garantindo a segurança dos pacientes e profissionais, e são custeadas pelo Ministério”, esclarece o secretário de Estado da Saúde, José Sobral.

O atual aparelho de Radioterapia do Huse atende diariamente a mais de 90 pessoas nos turnos matutino, vespertino e noturno. No início de 2015, a fila da radioterapia era de 570 pacientes e diminuiu hoje para 250 pacientes.

“Estamos cientes que o atual aparelho vem apresentando problemas e não descansaremos até que ele esteja consertado. Os técnicos do fabricante estão atuando e a peça que substituirá a que está quebrada vem da Alemanha, com previsão de chegada para os próximos 15 dias. Enquanto não fica concluído o processo de instalação do novo aparelho do Ministério, vamos insistir nos reparos preventivos e corretivos da máquina atual e ampliar as estratégias para que o paciente não fique desassistido. Estamos conversando com os pacientes e ofertando a continuidade nas sessões de radioterapia via Tratamento Fora do Domicílio (TFD), que já enviou 1400 pessoas para fazer algum tipo de procedimento em outro estado”, complementou José Sobral.

Programa de Expansão da Radioterapia

A Portaria Ministerial Nº 931 de 10 de maio de 2012 criou o Plano de Expansão da Radioterapia no Sistema Único de Saúde (SUS) em unidades hospitalares que executam serviços de oncologia. O Art. 1º diz que “fica instituído o Plano de Expansão da Radioterapia com o objetivo de articular projetos de ampliação e qualificação de hospitais habilitados em oncologia, em consonância com os vazios assistenciais, as demandas regionais de assistência oncológica e as demandas tecnológicas do SUS”.

A previsão de investimentos do Ministério para essa finalidade está orçada em R$ 500 milhões para implantação de 80 soluções de radioterapia (41 novos serviços de radioterapia e a ampliação de 39 serviços de radioterapia em hospitais já habilitados), abrangendo 65 municípios em 22 estados e o Distrito Federal, para expandir o atendimento em radioterapia no SUS e priorizar o acesso universal do sistema à população.

“Essa é uma Política do Governo Federal que trará grandes benefícios para o paciente oncológico sergipano. Atualmente, em Sergipe, existem duas máquinas de radioterapia para atender a demanda dos pacientes oncológicos locais e até de outros estados: a 3D no Huse e a 2D no Hospital de Cirurgia. Além disso, já foi assinado um convênio estadual entre a SES e o Hospital Cirurgia para a conclusão da obra para a instalação de outro equipamento que a unidade receberá. Em breve, até a rede particular de saúde também ganhará equipamentos, onde poderemos contratar os serviços. Não podemos esquecer do que será instalado no Hospital Universitário”, disse o secretário José Sobral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *