Prefeitura de Aracaju avança na segurança pública da capital

Executar estratégias para garantir segurança aos cidadãos na capital. Esse é o objetivo da Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec). Nesse sentido, várias ações são desenvolvidas, a exemplo do Sistema de Videomonitoramento, implantado desde setembro de 2018, nas 45 unidades de saúde de Aracaju, em escolas da rede municipal de ensino, secretarias e órgãos do município. 

Segundo o diretor-geral da GMA, subinspetor Fernando Mendonça, os esforços empregados fazem parte das diretrizes da gestão para transformar a capital numa cidade mais humana, inteligente e criativa. “O sistema conta hoje com 1.300 câmeras, distribuídas em mais de 80 prédios municipais. Ele registra e evita invasões ou arrombamentos noturnos. Desde que foi implantado, nove pessoas foram presas tentando invadir prédios públicos, mas em nenhuma dessas situações houve dano ao patrimônio”, explicou.  

As câmeras trabalham de forma integrada com outros sistemas de segurança, a exemplo da Central de Monitoramento da GMA, tablets dentro das viaturas e a Base Comunitária de Videomonitoramento (BCVM). Para inibir as ações de criminosos, o sistema de alarme é interligado às câmeras de videomonitoramento. Quando é detectado um possível arrombamento no local, as imagens são enviadas diretamente para a Central de Monitoramento da GMA e para os 18 tablets instalados nas viaturas com o disparo do alarme. 

Ainda de acordo com o diretor-geral da Guarda, os profissionais são notificados e encaminhados ao local imediatamente. “O guarda faz o monitoramento através do tablet e visualiza algumas questões que, para nós, que trabalhamos com segurança, são ações suspeitas. Então, automaticamente, o guarda já faz o deslocamento. Os guardas aumentaram, inclusive, os patrulhamentos e as rondas. Até a circulação de pessoas suspeitas diminuiu porque se sentem inibidas com a presença das câmeras”, destacou o subinspetor.

Terminal Seguro

As ações da Prefeitura refletem na atuação preventiva e ostensiva nos espaços públicos, com ênfase nos terminais de integração. “A pretensão da Prefeitura é, futuramente, instalar o sistema nos terminais. Mesmo assim, a nossa atuação nesses locais é efetiva. A prova disso é a redução de 49% no número de roubos, furtos e principalmente assaltos a ônibus no transporte público, comparando janeiro deste ano com o mesmo período do ano passado. Só para você ter uma ideia, recentemente, um guardião visualizou durante o ciclopatrulhamento no calçadão da 13 de Julho, um homem com uma faca no pescoço de uma passageira dentro do ônibus. Imediatamente, a viatura foi acionada e o rapaz preso”, contou o subinspetor. 

De acordo com o secretário municipal da Defesa Social e Cidadania, Luís Fernando Almeida, a segurança precisa ser vista no contexto amplo. “O prefeito Edvaldo Nogueira encontrou dificuldades ao assumir a administração. A Guarda Municipal, por exemplo, estava com promoções atrasadas e alguns trabalhadores desmotivados. Pensando no bem comum, a Prefeitura recuperou essas promoções e adquiriu 18 viaturas dentro do Planejamento Estratégico. Além disso, intensificamos as rondas policiais nas escolas, nas unidades de saúde e no transporte público. Tudo isso traz uma sensação de segurança não só para quem frequenta esses locais, mas também para os nossos servidores”, ressaltou.

Comente: