Prefeito comunica que vetará PL para reajuste dos salários, aprovado na Câmara Municipal de Aracaju

O prefeito Edvaldo Nogueira comunicou, na manhã desta segunda-feira, 16, que vetará  o Projeto de Lei, aprovado pela Câmara Municipal de Aracaju, na última quinta-feira,12, e que autorizara o reajuste salarial para prefeito, parlamentares e secretários municipais. Através de um vídeo publicado nas suas redes sociais, o gestor destacou que, na sua visão, a proposta “não é correta”, uma vez que impactaria nas finanças do município.

“Quero informar que vou vetar a lei aprovada pela Câmara de Vereadores, que reajusta os salários de prefeito, secretários e dos próprios vereadores. Farei isso porque acho que não é correto, neste momento, se conceder aumento para quem quer que seja. Passamos três anos sem conceder reajuste para os servidores públicos municipais. Estamos vivendo um momento de muita dificuldade e, por isso, na hora que o projeto chegar aqui, vetarei”, assegurou Edvaldo.

O prefeito também ressaltou que governa de maneira igualitária e que “se não há possibilidade de conceder reajuste para os servidores públicos municipais, também não há chances de conceder para mais ninguém”. “Sou adepto de que temos que ter uma lei para todos. Por isso, se os servidores não tiveram reajuste salarial, prefeito, secretários e vereadores também não terão”, reforçou.

Se o projeto fosse aprovado por Edvaldo, passaria a valer de 2021 até 2024.

Comente: