Marinete do Forró proporciona alegria durante os festejos juninos

Turistas e aracajuanos se encantam com a beleza e euforia da Marinete do Forró no período junino. Até o próximo dia 29, um ônibus estilo jardineira percorre as ruas de Aracaju com trio pé-de-serra e guia de turismo, decorado com bandeirinhas e cheio de animação. A iniciativa é da Prefeitura Municipal de Aracaju, através da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Turismo.

De segunda a sábado, às 14h30, o ponto de partida para o passeio é no Hotel da Costa, localizado na Orla de Atalaia. Durante o percurso, há paradas nos principais pontos turísticos de Aracaju e, somente aos sábados, o percurso é diferenciado, indo à Orla Pôr do Sol, no Mosqueiro. O passeio é gratuito e bastante disputado, as vagas são limitadas e preenchidas por ordem de chegada.

Segundo a turismóloga e guia de turismo da Marinete, Leila Pinheiro, os turistas também recebem informações históricas e geográficas sobre a cidade durante o percurso. “Além de ser um percurso dançante, indicamos pontos importantes da cidade para que o turista possa retornar em outro momento e conhecer melhor os nossos atrativos”, frisou.

“A Marinete é maravilhosa, é muita euforia e está mais do que aprovada”, afirmou a aracajuana Núbia Costa, sem sair do ritmo do forró. Sempre animada, ela faz questão de trazer toda família para a Marinete todos os anos.

De volta a Aracaju e, dessa vez, para morar, a aposentada Mônica de Assis trocou o Rio de Janeiro pela qualidade de vida, a tranquilidade e a beleza da capital aracajuana. “A Marinete do Forró é motivo de orgulho, achei fantástico. É muito importante mostrar a nossa cultura para o país e exterior, para que vejam que não existe só o samba e as mulatas do Rio, o Brasil também tem a zabumba, o triângulo e o sanfoneiro”, afirma Mônica.

Pela primeira vez na cidade, Sônia Regina, seguiu o conselhos dos amigos e não se arrependeu. “Meus amigos disseram que eu não podia deixar de ir na Marinete do Forró. Quando avistei a Marinete, já tinha a certeza de que seria muito bom. Nem sei dançar muito forró, mas já dancei à beça e acompanhei a galera, achei um espetáculo”, ressaltou a carioca.

Comente: