Mais de 20 mil estudantes da Escola pública vão ao ENEM

Programa Pré-universitário da Seed beneficia mais de 5 mil

 

Às vésperas da realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), a grande maioria dos estudantes inscritos na avaliação faz suas revisões finais. E para os estudantes da rede pública não poderia ser diferente.

Para isso e muito mais, o Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seed), criou o Programa Pré-universitário (Preuni) e o apoio aos alunos do 3º ano do Ensino Médio.

“Cerca de cinco mil acompanham as aulas desde o início do ano e outros 16 mil estão no 3º ano do ensino médio, podendo totalizar mais de 20 mil estudantes da rede pública que estarão aptos ao Enem”, afirma o secretário da Educação, Jorge Carvalho.

Coordenado pelo Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (DASE/Seed), o mencionado programa tem por finalidade oportunizar aos alunos concluintes e egressos da rede pública de ensino melhores condições de acesso ao ensino superior, através de um curso preparatório, inteiramente gratuito, oferecido na modalidade presencial.

Executadas ao longo do ano, as ações do Preuni estendem-se até os dias das provas, que serão aplicadas nos próximos dias 24 e 25 de outubro, quando os professores e a equipe coordenadora realizarão um “acolhimento” aos mais de cinco mil alunos matriculados este ano no Pré-universitário.

“É imprescindível preparar os nossos alunos dentro da perspectiva de aprovação em universidades e faculdade, particularmente as universidades públicas, nas quais a presença desse alunado ainda é limitada”, afirma o diretor do DASE, Fábio Leite.

Metodologia

Desenvolvido em 37 polos, distribuídos pela capital e por todas as regiões do Estado, em 26 munícipios, o Preuni conta com aulas de segunda a sexta-feira, e aos sábados, os alunos participam ainda de revisões e simulados. Em cada um desses polos, os estudantes assistem a quatro aulas presenciais diariamente.

“Expositivas, essas aulas são ministradas por professores da rede estadual, com auxílio de recursos didáticos audiovisuais e apostilas que abordam todo o conteúdo programático do ENEM”, garante a coordenadora pedagógica do Preuni, professora Gilvânia Guimarães.

São aproximadamente 250 profissionais atuando como professores e coordenadores de polos.

Para participar desse programa, o estudante interessado deve participar do Processo Seletivo, aberto anualmente pela Seed, para preenchimento do número de vagas ofertadas em cada polo.

Ações

A jornada de preparação, iniciada ainda no primeiro semestre, teve 30 semanas de aulas nos polos, diversos “Aulões” aos sábados – que se tornaram um sucesso de público, com auditórios lotados –, quatro simulados específicos para os alunos do Preuni e um simulado geral para todos os alunos matriculados no 3º ano do ensino médio nas unidades de ensino da rede estadual, e uma semana de Revisão ENEM, com apostila específica para todos os polos.

“A Oficina de Redação, outra ação simultânea às Revisões e Aulões merece destaque. Em Aracaju, durante 15 semanas, uma equipe formada por seis profissionais especializados em correção de redação ofereceu atendimento a mais de 700 alunos”, salienta a coordenadora Gilvânia Guimarães,

 

A professora Gilvânia informou ainda que todos os alunos tiveram atendimento individualizado e foram avaliados de acordo com as competências e níveis da redação no ENEM.

 

Polos

Os estudantes de Poço Verde e municípios vizinhos foram os últimos a receber as ações do programa. Nesta cidade, que fica no agreste sergipano, o Governo instalou o 37º Polo Pré-Universitário da Seed, no último mês de agosto.

Nomeado João de Oliveira, esse Polo do Preuni é resultado de uma parceria entre a Seed e a prefeitura de Poço Verde, e já conta com 85 estudantes matriculados.

Foi preparada uma proposta pedagógica diferente para o Polo João de Oliveira, tendo em vista a proximidade do Enem. O modelo de intensivão foi planejado para ser executado durante as 11 semanas que antecedem o Exame.

Para o funcionamento do 37º Polo do Preuni, a Seed fez um investimento inicial de R$ 150 mil e dispensará para custeio mensal outros R$ 30 mil.

A partir da instalação, as aulas do Polo estão acontecendo num auditório cedido pela Prefeitura de Poço Verde. O local foi totalmente reformado para receber os alunos do Preuni e conta com climatização de ar e espaço arejado, proporcionando conforto aos estudantes.

Assim como em Poço Verde, outras 25 cidades sergipanas também foram contempladas com as ações do Preuni.

Simulados

Para testar os conhecimentos adquiridos pelos alunos ao longo da execução do Programa, a coordenação do Preuni realizou em todos os polos diversas simulações da prova do ENEM.

A coordenadora do Pré-Universitário, Gilvânia Guimarães, explica a metodologia do simulado, afirmando que “as provas são elaboradas por professores estaduais e estão de acordo com os critérios do Exame”, ao salientar que essa atividade proporciona mais experiência aos estudantes que tentam ingressar no ensino superior.

E é justamente para tentar uma vaga no curso de medicina de uma universidade pública que a estudante Andreza Offredi esteve presente a um desses simulados no Colégio Estadual Jackson de Figueiredo.

“Essa será a segunda vez que vou tentar uma boa pontuação no ENEM, e esses simulados contribuem bastante para o meu aprendizado”, afirma.

Essa mesma opinião foi compartilhada por Welison Monteiro, estudante egresso da rede pública estadual, que pela primeira vez vai pleitear uma vaga para estudar Petróleo e Gás na Universidade Federal de Sergipe por meio do ENEM.

Também matriculado no Programa, de acordo com ele, o Pré-Universitário é “uma iniciativa perfeita para mim, pois no ensino médio não pude estudar todo o conteúdo e esse curso vem suprir minhas necessidades como estudante”, explica Welison, acrescentando que a prova do simulado “vai na mesma linha das provas anteriores do ENEM”, conclui ele.

“Esse simulado nos ajuda muito enquanto estudantes do Pré-Universitário, porque é uma oportunidade a mais que temos para nos prepararmos e termos chance de conquistar uma vaga no ensino superior”, esclarece a estudante Larissa Andrade, aluna matriculada no Polo Jackson de Figueiredo.

Ela pretende obter pontuação no ENEM suficiente para cursar o bacharelado em Biologia na UFS e salienta a importância da presença do professor, “porque além dos livros com os quais estudamos é fundamental tirarmos dúvidas, e é nesse sentido que o Programa contribui para um melhor aprendizado nosso”, pontua Larissa.

Ciclo de palestras

Não apenas o DASE desenvolve ações referentes à preparação para o ENEM. O Departamento de Educação (DED/Seed), através do Serviço de Ensino Médio (Semed), acelera as atividades preparatórias dos alunos para o Exame Nacional, com a realização de um Ciclo de Palestras sobre o ENEM e as Políticas Públicas.

Essa iniciativa tem como objetivo ampliar os conhecimentos dos estudantes sobre o ENEM e as políticas públicas relacionadas ao ingresso no ensino superior.

Durante as palestras do Ciclo foram abordados também temas como Sisu, Fies e Prouni, programas sobre os quais os estudantes precisam estar informados.

 

Revisão Final

Programada para os quatro dias que antecedem as provas do Exame Nacional, a Revisão Final ofertada pela Seed para os alunos do Pré-universitário é mais uma das iniciativas do programa.

Nos próximos dias 20, 21, 22 e 23, a coordenação pedagógica do Pré-universitário da Seed preparou um dia de revisão para cada uma das quatro áreas de conhecimento requeridas como conteúdo obrigatório.

As revisões finais ocorrerão a partir da terça-feira, 20, e seguirão até sexta-feira, 23, das 15h às 20h30, no ginásio Constâncio Vieira, em Aracaju. O acesso é gratuito e a expectativa de público varia entre 4,5 a 5 mil estudantes.

“Além de fomentar o desenvolvimento de ações voltadas para o aluno que vai prestar o ENEM, o Pré-universitário tem se constituído em programa de assistência a esses alunos”, confirma Fábio Leite.

Ele explicou ainda que em 2015 a meta do Governo de Sergipe é dobrar o número de alunos da rede estadual aprovados em instituições de ensino superior em relação ao ano passado, quando foram registradas mais de duas mil aprovações em instituições públicas e privadas.

Logística

Para que não ocorram erros e imprevistos, o secretário Estadual de Educação, Jorge Carvalho, reuniu parte considerável de sua equipe técnica para uma atuação conjunta e planejada nos dias de aplicação das provas do ENEM.

“Nos dois dias de ENEM, utilizaremos mais de 10O veículos como meios de transporte para prestar apoio aos nossos estudantes, entre vans, ônibus, micro-ônibus e carros utilitários, para que nenhum aluno tenha problema em chegar aos locais da prova”, explica Carvalho.

Foram observadas, durante a reunião, questões de logística relativas aos locais de saídas dos transportes, quantidade prevista de alunos, atenção ao horário, levando em conta que em Sergipe a prova começará às 12h, em função do Horário de Verão, e ainda detalhes do Acolhimento dos Estudantes, realizado todos os anos pelo Governo de Sergipe, por meio da SEED.

Acolhimento

Para os dias das provas do ENEM, o DASE reúne esforços e, numa parceria com os demais departamentos e Diretorias Regionais de Educação (DRE’s) da Seed, oferecerá durante os dias 24 e 25 de outubro um acolhimento aos estudantes do Preuni e da Rede pública estadual.

 

“Em Sergipe, teremos 107.720 estudantes participando do ENEM 2015, nos 30 municípios onde estão sediadas as 252 unidades de ensino que funcionarão como locais de provas”, diz Guimarães, ao afirmar que destas  unidades 169 são da rede estadual.

 

Os alunos da rede pública estadual terão transporte para os seus locais de prova, e lá receberam água e canetas.

 

“Todas essas ações buscam promover a recapitulação e o aprofundamento dos conhecimentos exigidos no Edital do ENEM, tendo ainda a função de esclarecer os estudantes sobre as especificidades dos cursos oferecidos pelas universidades”, afirma o secretário de Educação de Sergipe, Jorge Carvalho.

Ainda de acordo com o secretário, esse conjunto de ações do Pré-universitário também tem a finalidade de elevar a autoestima dos alunos da rede pública e mapear o número aprovados nos processos seletivos das universidades e faculdades públicas e privadas no território nacional.

Matricula online

Para o ano de 2016, a Seed pretende expandir o Programa e aumentar o número de polos na Diretoria de Educação de Aracaju (DEA), na DRE 06 (Neópolis e Propriá), na DRE 07(Porto da Folha) e na DRE 08 (Conjuntos Marcos Freire e Jardim).

“E em parceria com a Coordenação de Informática da Seed, faremos a inscrição online para alunos do Programa em 2016, como também realizaremos processo seletivo interno para professores do Programa”, finaliza o professor Fábio Leite.

 

 

 

Comente: