Governo realiza licitações para aquisição de materiais para Saúde

Dentre os produtos solicitados estão 28 mil medicamentos, que auxiliarão no tratamento de pessoas com câncer, 40 camas hospitalares e 16 serras elétricas para uso em cirurgias ortopédica

Estão em fase de conclusão pelo Governo do Estado, através da Secretaria do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) dois processos licitatórios para aquisição de materiais importantes para a saúde do povo sergipano. Dentre os produtos solicitados estão 28 mil medicamentos, que auxiliarão no tratamento de pessoas com câncer, 40 camas hospitalares e 16 serras elétricas para uso em cirurgias ortopédicas.

O primeiro processo licitatório é o Pregão Eletrônico nº 339/2016, que visa ao registro de preços para compra de equipamentos permanentes para o Hospital de Urgências de Sergipe (Huse). Entre eles, estão 25 refletores ambulatoriais para pequenas cirurgias, 40 camas hospitalares tipo fawler mecânica, 16 serras elétricas para uso em cirurgias ortopédicas e quatro elevadores de pacientes com suporte para até 250kg.

Além desse processo, a Seplag conclui o registro de preços nº 355/2016 para aquisição de medicamentos oncológicos para a Secretaria de Estado da Saúde. Ao todo são 11 lotes, que totalizam mais de 28 mil unidades que auxiliarão no tratamento de pessoas com câncer.

Ambas as disputas já foram realizadas, a primeira no dia 30 de agosto, e a segunda em 19 de setembro. “O Pregão Eletrônico, por meio do sistema de Registro de Preços, tem por finalidade o registro formal de preços, fornecedores, unidades participantes e condições de execução do objeto, aplicáveis a futuras contratações decorrentes da Ata de Registro de preços”, explica o secretário de Estado do Planejamento, João Augusto Gama.

O gestor explica ainda que os dois pregões estão em fase de acolhimento das documentações e propostas dos licitantes vencedores. “Acredito que, em breve, teremos as homologações das propostas e o processo será concluído para que a secretaria da Saúde possa adquirir esse material tão importante para nossa população”, finaliza.

Comente: