Falta de água provoca suspensão temporária nos atendimentos no Hospital Fernando Franco e Cemar

O atendimento aos usuários do Sistema único de Saúde ficou suspenso por algumas horas nesta terça-feira, 2, no Centro de Especialidades Médicas (Cemar) do Augusto Franco, e no Hospital Municipal Fernando Franco (Zona Sul), localizado no mesmo conjunto.  A medida foi adotada por causa da interrupção do fornecimento de água da Deso, provocada pelo entupimento dos canos na tubulação externa.

No Fernando Franco o plantão foi fechado por volta das 9h. De acordo com a coordenadora da unidade hospitalar, Joselita Sobral, assim que a água da caixa acabou o atendimento precisou ser interrompido. “Fechamos totalmente o plantão, mas todos os usuários que já estavam dentro do hospital foram atendidos e passaram por todos os procedimentos necessários, inclusive ficamos com  três pacientes na estabilização que em momento algum ficaram sem assistência, uma vez que os plantonistas  permaneceram no hospital”.

Ainda de acordo com a coordenadora, o Núcleo de Manutenção da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) foi acionado para tentar resolver o problema, mas constatou que se tratava de um problema externo. “A equipe conferiu toda a tubulação de dentro do hospital e verificou também o funcionamento da bomba, mas nenhuma anormalidade foi encontrada. A Deso foi acionada e os técnicos da empresa constataram que o abastecimento foi comprometido por causa de um entupimento na tubulação da rua. O problema foi corrigido por volta das 12h20, mas a água só entrou na caixa meio da tarde com a chegada do caminhão pipa”.

Já no Cemar, que funciona anexo ao Hospital Fernando Franco, o atendimento aos usuários foi suspenso por volta das 11h. De acordo com Carmem Bitencourt, coordenadora do Centro de Especialidades, os pacientes foram avisados do problema da falta de água e não houve nenhum tipo de transtorno. “Todas as consultas foram reagendadas para a data mais próxima, de acordo o dia que cada especialista atende. Em alguns casos, nós já conseguimos marcar para o paciente voltar amanhã mesmo, desta forma ninguém ficou prejudicado”.

O plantão do Hospital Fernando Franco foi reaberto às 15h e no Cemar o usuário que  tinha consulta marcada depois desse horário também foi atendido normalmente.

 

Comente: