Emília demonstra preocupação com o risco de instalação de focos da dengue na Praia Formosa

A vereadora Emília Corrêa (PEN), demonstra preocupação com o risco da presença de focos da dengue nos espelhos d’água da Praia Formosa.  Segundo Emília, o cartão postal da cidade apresenta vários indícios do mosquito.
De acordo com a parlamentar, em recente visita a Praia Formosa, na capital, pôde identificar ambientes propícios para criadouros do mosquito Aedes
Aegypti. O local é bastante frequentado e chama a atenção a falta de manutenção do espaço. “Os espelhos d’água do local estão em completo abandono, sendo possível perceber inclusive a presença de lixo; a situação preocupa por conta da facilidade da proliferação do mosquito transmissor da dengue e outras doenças muito perigosas”, destacou.
Para Emília, uma série de fatores motivam a proliferação do mosquito, sendo o principal deles a falta de compromisso das pessoas com os cuidados necessários para evitar a instalação de criadouros do mosquito. “Em se tratando de um problema grave de saúde pública, o acumulo de recipientes e o lixo nos espelhos d’água da praia formosa, exige providências urgentes da Administração municipal para resolver o problema”, frisou.
Por fim, a parlamentar chama a atenção da Administração Municipal, para que atue no combate e limpeza desses espaços, alertando que é inadmissível que, com o verão se aproximando, a Praia Formosa seja local para a proliferação desses mal. “Fiquei muito triste quando identifiquei a grande quantidade de aparentes focos de dengue, só estabelecidos em razão do descaso do Poder Público com a manutenção periódica do local, que não pode deixar de ser cartão postal de Aracaju, para entrar no mapa do cenário triste de pontos de risco para contrair doenças”, finalizou.
Foto: Gilton Rosas

Comente: