Detran prorroga prazo para emplacamento e licenciamento de ciclomotores até 29 de fevereiro

O diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito – Detran/SE, Edgard da Motta, apresentou na manhã desta sexta-feira, 29, na sede da autarquia, durante entrevista coletiva de imprensa, o plano de ações elaborado com o objetivo de restabelecer  o atendimento aos usuários após o final da greve dos servidores. O primeiro assunto divulgado foi a prorrogação para 29 de fevereiro do prazo para emplacar e licenciar ciclomotores.

“É importante que os proprietários não deixem a regularização das cinquentinhas para a última hora. A fiscalização desses veículos será iniciada em 1º de abril. Enquanto isso, continuaremos passando as orientações à população sobre os documentos necessários para a regularização desses veículos”, disse Edgard da Motta.

Outra ação importante apresentada pela autarquia com o intuito de tranquilizar a sociedade foi a prorrogação até 29 de fevereiro do prazo de documentos vencidos durante a greve. De acordo com o diretor-presidente do Detran, estarão isentos de multas os serviços que utilizem laudos de vistoria, notas fiscais e recibos de compra e venda com datas vencidas durante esse período. “A prorrogação do prazo tem o objetivo de amenizar os efeitos provocados pela greve”, comentou Motta.

Na ocasião, foi divulgada ainda a realização do mutirão de vistoria, que acontece neste sábado, dia 30, na sede da autarquia, das 8h às 13h. A expectativa é atender cerca de 200 veículos. “O mutirão tem o intuito de suprir a demanda acumulada durante o período da greve dos servidores, que durou mais de 50 dias. Para participar do mutirão será necessário que os interessados estejam com a taxa de vistoria paga. O serviço não precisará ser agendado”, explicou Edgard da Motta.

Com relação à regularização do agendamento para atendimento ao público e para a realização de vistorias veiculares, o diretor-presidente explicou que o Detran voltará a disponibilizar a  ferramenta no site na próxima segunda-feira, 1º de fevereiro. A ideia é voltar a proporcionar aos usuários a comodidade do bloco de hora pré-estabelecido para fazer seus serviços na autarquia.

Comente: