Deplan Norte registra mais de 160 prisões em flagrante em apenas dois meses de atuação

Cento e sessenta e quatro prisões em flagrante. Esse é o número contabilizado pela Delegacia Plantonista (Deplan) Norte, em apenas dois meses de funcionamento na 3ª Delegacia Metropolitana, localizada no bairro Santos Dumont, zona Norte de Aracaju. Ao todo foram registrados 1.960 procedimentos policiais nesse mesmo período.

 

Deplan NorteSegundos dados divulgados pela Coordenadoria de Polícia Civil da Capital (COPCAL), na manhã desta quinta-feira, 18, foram realizados 164 Autos de Prisão em flagrante delito, 50 Termos de Ocorrência Circunstanciado, além de 23 Autos de Apreensão e 19 Boletins de ocorrência Circunstaciado, ambos para menores de 18 anos.

Para o diretor da COPCAL, delegado André Baronto, esse resultado é fruto da criação de novas delegacias plantonistas, neste caso a Deplan Norte, uma medida acertada pela Secretaria de Segurança Pública, visando proporcionar mais comodidade à população e agilidade ao trabalho da polícia.

Delegado André Baronto“Esses números comprovam a facilidade do acesso da população aos serviços prestados pela Deplan Norte. Desde à sua implantação, buscamos facilitar o acesso do cidadão à polícia e aprimorar o monitoramento das ocorrências criminais. Antigamente o cidadão vítima de um crime tinha que se deslocar da área Norte da capital para o Centro de Aracaju, para registrar a sua queixa. Atualmente isso não ocorre mais com a criação da Delegacia Plantonista Norte, onde o cidadão pode registrar seu boletim de ocorrência durante à noite de segunda a sexta e em regime de plantão aos finais de semana e feriados”.

Ainda segundo André Baronto, a grande quantidade de procedimentos policiais registrados na Deplan Norte ocorre também devido ao trabalho em conjunto com a Polícia Militar, que em decorrência do atendimento feito de forma mais célere pelos policiais civis, possibilita a sua permanência por menos tempo na delegacia para a lavratura dos flagrantes.

“Observamos que com a criação da Deplan Norte houve uma facilidade no atendimento tanto da população, quanto dos policiais militares que atuam na área. Com a proximidade de uma delegacia plantonista na região, a Polícia Militar tem uma liberdade maior para agir, principalmente pelo fato dela passar pouco tempo na delegacia à espera da lavratura do flagrante. Com a agilidade nos procedimentos, a PM volta logo às ruas para realizar o policiamento preventino na região”, explicou.

Sobre os serviços oferecidos, o delegado Frederico Muricy, coordenador da Delegacia Plantonista Norte, esclarece que a unidade oferece os mesmos serviços ofertados pelas delegacias metropolitanas ou especializadas, só que a recomendação é para a prestação de serviços de urgência, principalmente devido ao horário de funcionamento: de segunda a quinta-feira, das 18h às 8h da manhã e 24 horas a partir de 18h da sexta-feira até às 8h da segunda-feira.

Delegado Frederico Muricy“Recomendamos que para ocorrências simples, como perda de documentos ou registros de ocorrências de menor gravidade, o cidadão procure as delegacias de área ou até as especializadas, que funcionam em horário comercial. Para o registro de crimes de maior gravidade e fora do expediente das delegacias de área, recomendamos a procura pela Delegacia Plantonista mais próxima, seja ela a Norte ou Sul. Os crimes lavrados nas Plantonistas são comunicados imediatamente aos órgãos competentes e as investigações de cada caso específico são posteriormente encaminhadas para as Delegacias Metropolitanas ou unidades especializadas”, destacou Frederico Muricy.

A comerciante Marlene de Araújo, 45 anos, que há 12 anos trabalha no ramo de lanches no Santos Dumont, aprovou a implantação da Deplan Norte. Ela comenta que o fato de ter uma unidade próxima do seu estabelecimento comercial faz com que tanto ela como os próprios clientes se sintam mais seguros.
Marlene“Já trabalho aqui há mais de 10 anos. Antes da transferência da Plantonista para o Santos Dumont, eu fechava a minha lanchonete por volta das 21h, com medo de assaltos. Hoje eu posso encerrar as atividades às 00h, sem qualquer tipo de preocupação, pois só o fato de ter uma delegacia funcionando em regime de plantão acaba inibindo a atuação dos criminosos”, ressaltou.
JamissomQuem também aprovou a mudança foi Jamisson Santos de Jesus, 40 anos. Ele conta que precisou se dirigir à Deplan Norte após o expediente de trabalho para prestar um boletim de ocorrência, e que escolheu a unidade devido à proximidade com a sua residência, situada no bairro Dezoito do Forte. ”Antigamente eu gastaria cerca de 40 a 50 minutos para me deslocar da minha casa até a Rua Laranjeiras, Centro, nesse mesmo horário de pico. Agora, com uma delegacia plantonista aqui no Santos Dumont, essa locomoção ficou muito mais rápida e prática. Desde já, parabenizo a Secretaria de Segurança Pública por esta iniciativa. A população da Zona Norte agradece por esse atendimento”, parabenizou.

Comente: