Banese doará instrumentos musicais para Lar Infantil Cristo Redentor

O anúncio foi feito durante reunião entre o governador Jackson Barreto e a presidente da instituição Vânia Lima, a assistente social Elisana Vieira e o professor do Conservatório de Música de Sergipe, Devidson Lima. Também participou do encontro o secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho

O governador Jackson Barreto anunciou, na tarde desta segunda-feira, 27, que o Banco do Estado de Sergipe (Banese) adquiriu 22 instrumentos musicais que serão doados ao Lar Infantil Cristo Redentor, situado no bairro 18 do Forte, em Aracaju. A instituição trabalha com a proteção social básica de 72 crianças e adolescentes de 6 a 17 anos.

O anúncio foi feito durante reunião com a presidente da instituição Vânia Lima, a assistente social Elisana Vieira e o professor do Conservatório de Música de Sergipe, Devidson Lima. Também participou do encontro o secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho.

O Lar Infantil Cristo Redentor atende a 45 crianças e 27 adolescentes. A instituição também trabalha com as famílias dessas crianças e jovens na busca de fortalecer os vínculos familiares delas.

O governador Jackson Barreto disse que, ao possibilitar a realização de aulas de música, o governo está oportunizado às crianças e adolescentes assistidas pela instituição a despertarem uma vocação e um talento artístico.

Ele disse que visitou o Lar Cristo Redentor em maio passado, quando presenciou um professor voluntário dando aulas teóricas de música. “Procurei o Banese para nos ajudar na aquisição desses instrumentos. Com essa iniciativa, vamos descobrir valores, talentos, vocações e oferecer uma oportunidade profissional para essas crianças e adolescentes”, enfatizou.

De acordo com o governador, é possível tirar as crianças e os adolescentes das ruas ao oferecer aulas de música. “São 45 crianças e adolescentes que terão a oportunidade de aprender um instrumento musical. Esse público infanto-juvenil virá da rede pública de ensino. Fiquei impressionado com o interesse deles e a devoção do professor ao ensinar como voluntário. É uma bela oportunidade que estaremos dando aos jovens e crianças dos bairros Santos Dumont e 18 do Forte”, ressaltou.

As crianças e adolescentes participam das atividades oferecidas pela instituição no contraturno da escola. Segundo Vânia Lima, o Lar oferece oficinas de horta, de dança, informática e, em breve, de música. Alguns também recebem aulas de reforço, a depender da necessidade.

Para a instalação da escola de música, Vânia Lima disse que será reformada uma das salas da instituição. De início, 45 alunos participarão da escolinha de música. Eles poderão aprender os seguintes instrumentos: violino, viola, trompete, violoncelo, clarinete, saxfone, trombone, bateria, teclado e guitarra, todos doados pelo governo através do Banese.

O professor do Conservatório de Música de Sergipe, Devidson Lima, acentuou que, ao autorizar a compra dos 22 instrumentos musicais, através do Banese, o governador está possibilitando a formação de uma pequena orquestra. “Agora, chegou a oportunidade de desenvolvermos o protagonismo desse público”, destacou.

Durante a reunião, foi discutida a possibilidade de se formar uma parceria com o Conservatório de Música, para que os professores dessa escola também possam colaborar com a formação dessa pequena orquestra. O secretário da Educação, Jorge Carvalho, ficou de conversar com o diretor da escola de música.

Comente: