Bandido tem que ser tratado como bandido”, diz Gilmar

O deputado estadual Gilmar Carvalho parabenizou, nesta quarta-feira, 5, a Segurança Pública de Sergipe e o Grupo de Operações Penitenciárias Especiais pela operação que desarticulou um grupo de assaltantes de bancos em Japaratuba.
De acordo com o parlamentar, o clima de insegurança em Sergipe é enorme e por esse motivo é necessário repreender os atos ilícitos praticados por marginais. “É necessário botar na cabeça de bandido que vai ter o que pedir. Marginal deve ser tratado como marginal e bandido deve ser tratado como bandido. Não nasci para ter pena de quem não tem da população. Espero que outras ações como essa aconteçam”, declarou o deputado.
A operação
Nesta terça-feira, 4, em uma troca de tiros com a polícia, oito assaltantes de banco foram mortos. A Secretaria de Segurança de Segurança Pública de Sergipe informou que a ação policial tem relação com a investigação de um assalto ocorrido em uma agência bancária na cidade Itabaianinha, no início do mês de agosto.
Na ocasião, oito homens fortemente armados foram encontrados pelos policiais do Complexo de Operação Especiais (Cope) em uma residência e uma intensa troca de tiros foi iniciada, resultando na morte dos suspeitos e na prisão de uma mulher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *