Aracaju vai vacinar em horário estendido durante a campanha contra sarampo e poliomielite

Mais de 33 mil doses de vacina contra o sarampo e a poliomielite, para crianças entre um e menos de cinco anos de idade, já foram distribuídas nas unidades básicas de saúde (UBS) de Aracaju, durante a campanha nacional de imunização do Ministério da Saúde (MS), iniciada no último dia 6. Para atingir a meta de 95% de cobertura até o próximo dia 31, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) decidiu montar estratégias diferenciadas esse ano.

A diretora da Vigilância e Atenção à Saúde (DVAS), Taise Cavalcante, afirma que diante das dificuldades encontradas por algumas famílias em levar as crianças no horário normal de funcionamento das UBS (das 7h às 17h), a SMS decidiu estender o funcionamento de algumas unidades até às 20h, nas próximas quintas (16 e 23) e sextas (17, 24) deste mês.

“Nos dias 16 e 17 desta semana, funcionarão até às 20h as UBS Augusto Franco e Onésimo Pinto. Já nos dias 23 e 24, estarão com horário estendido as UBS Sinhazinha e Geraldo Magela. A escolha foi baseada no levantamento das nossas últimas campanhas, onde constatamos que essas quatro unidades tiveram os maiores índices de doses aplicadas, com cerca de mil crianças imunizadas em cada uma. Além disso, tivemos o cuidado de contemplar diferentes regiões, selecionando uma na zona norte e outra na zona sul da Capital”, explicou a diretora.

Dia D

O Dia D acontece no próximo sábado, 18, porém com horários de funcionamento diferenciados das campanhas anteriores. Pela manhã, das 7h às 12h, todos os postos de saúde estarão abertos normalmente. Já no período da tarde, apenas dez postos de vacinação devem permanecer abertos.

“Observamos que nos últimos dias D, que geralmente são realizados aos sábados, quase não houve demanda espontânea na maioria das UBS. A partir desse diagnóstico, decidimos otimizar nossas equipes e selecionamos as dez UBS onde a demanda é historicamente grande. Portanto, no próximo sábado funcionarão até às 17h apenas as UBS Augusto Franco; Sinhazinha; Max Carvalho; Dona Jovem; Edézio Vieira; José Machado de Souza; Geraldo Magela; Joaldo Barbosa; Amélia Leite e Santa Terezinha”, revelou Taise.

Documentação

Os responsáveis não podem deixar de levar a caderneta de vacinação, pois existem alguns detalhes que serão observados pelos profissionais que aplicarão as doses. Para a poliomielite, as crianças que nunca tomaram receberão a Vacina Inativada Poliomielite (VIP). Entretanto, as que já tiverem tomado uma ou mais doses, receberão a Vacina Oral Poliomielite (VOP), a gotinha.

Em relação ao sarampo, todas as crianças dentro da faixa etária receberão uma dose da Tríplice Viral, independentemente da situação vacinal. A única exceção com relação a essa vacina fica para aquelas que já foram imunizadas nos últimos trinta dias. Por isso, é indispensável a apresentação da caderneta no momento da aplicação.

Comente: