Sergipe ganha novos aparelhos de radioterapia e ambulâncias do Samu

Os pacientes com câncer em tratamento em Sergipe ganharam mais um aliado na luta contra a doença. Na manhã desta sexta-feira, 20, o ministro da Saúde, Marcelo Castro, ao lado do governador Jackson Barreto, assinou ordem de serviço para construção do bunker no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), no qual será instalado o novo acelerador linear, ou seja, equipamento de radioterapia. Um outro aparelho também será entregue, através de convênio, ao Hospital Cirurgia. Para ampliar a prestação de atendimento a saúde, o estado também recebeu a doação de oito ambulâncias para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Somadas aos seis veículos já entregues este ano, as novas unidades de saúde vão promover a substituição da frota.

A construção do novo espaço de radioterapia integra o Plano de Expansão no Sistema Único de Saúde (SUS) do Ministério da Saúde. Estão sendo investidos R$ 2.129.997,03, recursos do Governo Federal, na obra que irá iniciar no dia 10 de dezembro. A previsão de entrega do bunker, com o equipamento instalado, é setembro de 2016.

Na avaliação do governador Jackson Barreto, a assinatura da ordem de serviço para ampliação do tratamento de radioterapia em Sergipe é um dia histórico. “Nenhuma obra seria tão valiosa para nosso povo como essa, que vai colocar novo equipamento no estado. Isso mostra nosso compromisso com a saúde pública. Sei que temos falhas, que a saúde é fragilizada, mas estamos trabalhando. Vamos facilitar a vida das pessoas que precisam da assistência do Huse, e agradeço a Deus por ver essa realidade e poder contribuir e ajudar meu estado e minha gente a ter dignidade e melhores condições de tratamento”, declarou.

Jackson comentou que Sergipe está sendo contemplado na primeira etapa de entrega dos aparelhos de radioterapia, pois já havia se preparado previamente e pleiteado, junto ao Ministério, o equipamento. O governador disse ainda que Sergipe contará com uma clínica privada especializada em tratamento oncológico, que vai permitir que o Estado possa comprar os serviços oferecidos por ela e, consequentemente, ampliar o tratamento com câncer em Sergipe para pacientes do SUS.

Dos 80 aceleradores lineares adquiridos pelo Ministério da Saúde, provenientes de recursos na ordem de R$ 500 milhões, dois serão destinados a Sergipe, segundo explica o ministro Marcelo Castro. Além do Huse, o Hospital Cirurgia também recebe o equipamento. Porém, neste caso, a responsável por promover a construção do bunker é a própria unidade de saúde. “O estado terá mais dois aparelhos. Significa que vamos mais que dobrar a capacidade de radioterapia aqui para melhorar a saúde da população”.

Sobre o apoio a Sergipe, o ministro declarou que o Governo Federal está sempre à disposição. “Para mim, é um prazer muito grande estar nesse importante e querido estado. E estamos aqui hoje em Sergipe tratando da coisa mais importante que temos em nossas vidas: a saúde, que é nosso objeto de trabalho. É por ela que,  todos os dias, dedicamos nossos melhores esforços para ter um serviço de melhor qualidade em nosso país”, pontuou.

O secretário de Estado da Saúde, José Sobral, afirmou que o Estado já enfrentou alguns obstáculos ao longo da gestão, mas que a situação da saúde em Sergipe está melhorando. “Dentre as etapas que já cumprimos, a primeira era superar a falta de medicamentos para a quimioterapia. Além disso, através de nossos esforços, já saímos de 22 para 30 leitos na oncologia e estamos com o tempo de 12 dias para iniciar tratamento do câncer após a sua detecção. Nós tínhamos também problema de braquiterapia, que é uma radioterapia aplicada em mulheres com câncer de útero. Porém hoje não há mais dificuldades”.

O melhor do Brasil

No Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, a novidade são as oito novas ambulâncias do tipo Unidade se Suporte Avançado (USA). Somadas aos seis veículos já entregues este ano, Sergipe totaliza 14 ambulâncias novas, totalmente equipadas. Além dessas, ainda serão entregues pelo Ministério da Saúde mais oito veículos. Com isso, o Estado passa a substituir a frota e oportunizar atendimento cada vez mais qualificado.

“Quem ganha é a população, pois estão sendo proporcionadas unidades básicas e avançadas novas e com melhor qualidade de recursos materiais. Essas ambulâncias já estão vindo todas equipadas. Estou muito feliz porque, em ano de crise, já conseguimos 14 novas ambulâncias”, relatou a superintendente do Samu Sergipe, enfermeira Conceição Mendonça.

Ela informa que as seis ambulâncias já recebidas foram destinadas para Aracaju (2), Itabaiana (1), Tobias Barreto (1), Poço Verde (1) e em Canindé (1).

Outro destaque na área do Samu é a qualificação do serviço de Sergipe como o melhor prestado no Brasil. A informação é do ministro Marcelo Castro. “Segundo a revista SOS Emergência, do Ministério, o Samu Sergipe é o mais qualificado, estruturado, e com maior resolutividade de todo o Brasil. Vocês estão de parabéns e são exemplo para todo o país. Dá para saber que todo recurso que mandamos para cá está sendo investido em saúde”.

Para o governador Jackson Barreto, as novas ambulâncias vão somar-se no atendimento qualificado oferecido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. “Temos muito orgulho de sermos referência e de fazermos um trabalho com muito amor e equipe qualificada. A posição de destaque do Samu nos deixa extremamente honrados, principalmente com a ampliação desses serviços através da chegada de mais ambulâncias”, disse.

Destaque no atendimento, Sergipe também tem a maior parte de suas equipes do Samu qualificadas, ou seja, das 59 credenciadas no Serviço, 48 estão no nível de excelência, de acordo com uma auditoria realizada pelo Ministério da Saúde. “Parabéns a equipe do Samu que faz um trabalho extraordinário. Nós temos vidas a salvar e um compromisso muito grande a assumir”, afirmou José Sobral.

O secretário da Saúde ressaltou outros avanços no estado na área do Samu. “Sergipe é o único com 100% de cobertura no Brasil. Aqui realizamos 480 atendimentos diários. Temos os melhores tempo-resposta e relação servidor-população, e o melhor serviço de treinamento do Samu está em Sergipe. Também contamos com a base nova do aeroporto, a reabertura da de Itabaianinha, que estava fechada há muito tempo, e a entrega de uma em Dores, que estava desabilitada. Recuperamos outras bases e ainda temos outros espaços para restaurar, com o objetivo de deixar todos os 36 pontos na orientação da portaria ministerial”.

O estado de Sergipe está em primeiro lugar no ranking do Ministério da Saúde no indicador ‘Profissionais em Atuação’, onde atuam 110 profissionais do Samu para 2.219.574 sergipanos. São 2.018 habitantes por profissional. Atualmente, o Serviço dispõe de uma frota composta por 59 ambulâncias: são 16 Unidades de Suporte Avançado (USAs) e 43 Unidades de Suporte Básico (USBs), além de 03 motolâncias.
Presenças

Compareceram o vice-governador, Belivaldo Chagas; deputados federais por Sergipe Fábio Reis, Fábio Mittidieri, Jony Marcos, e pela Bahia, Antônio Brito; deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo; deputado estadual Luiz Mittidieri; secretários de Estado de Inclusão, Marta Leão, Esporte, Adilson Júnior, Meio Ambiente, Olivier Chagas, Infraestrutura, Valmor Barbosa, Comunicação, Sales Neto, Agricultura, Esmeraldo Leal, e Educação, Jorge Carvalho; presidentes da Codise, Sérgio Reis, Adema, Almeida Lima, Deso, Carlos Melo, Cehop, Caetano Quaranta; comandante geral da PM, coronel Iunes; comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Reginaldo Dória; chefe do gabinete militar do governo, tenente-coronel Eduardo Henrique; prefeitos de Arauá, Ana, Itabaianinha, Robson, Aleixo, Ana Selma, Aparecida, Vera, Aquidabã, Carlinhos, Maruim, Jeferson Santana, Boquim, Jean, Poço Verde, Tiago Dória, Itaporanga, Gracinha; o ex-prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira,  além de representantes do Mama Fest, Grupo de Apoio a Crianças com Câncer de Sergipe (Gacc), Conselho Estadual de Saúde e casas de apoio ao câncer.

Comente: