Secretária Waneska Barboza demonstra transparência durante CPI da Saúde

A secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza, participou na tarde desta segunda-feira, 6, da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), onde apresentou os repasses e a produção dos hospitais filantrópicos que possuem serviços contratados pelo município.

“Saímos da sessão satisfeitos porque tivemos a oportunidade de explicar como funciona a contratação dos hospitais pelo município, a forma como os pagamentos são feitos, mediante toda a fiscalização promovida por nós, e tenho certeza que nossa participação elucidará o entendimento dos vereadores da CPI. Acredito que esse espaço só vem para beneficiar a população”, salientou Waneska.

A CPI analisa os contratos vigentes entre 2012 e 2017, período em que Aracaju repassou R$ 773.864.928,96 às três instituições. Desse valor, R$ 362.664516,41 foram para o Hospital de Cirurgia; R$ 328.296.125,34 para o Santa Isabel; e R$ 82.904.287,21 para o São José.

Cirurgia

Os membros da comissão questionaram a secretária da Saúde de Aracaju sobre o contrato com o Hospital de Cirurgia, cuja gestão foi repassada ao Estado em dezembro do ano passado.

“Após a finalização do contrato com o Cirurgia, de número 123/15, comprovamos no encontro de contas que não devíamos rubrica alguma ao hospital. Na verdade, foi demonstrado que sempre tivemos um crédito, proveniente do adiantamento da parcela integral, feita ainda em 2015, no valor de R$ 6.395.819,56. Todo esse processo foi acompanhado pelos Ministérios Públicos Estadual e Federal, e os documentos que comprovam o que dizemos foram encaminhados aos órgãos de controle. Hoje, a única ligação que temos com o Cirurgia é meramente histórica”, garantiu Waneska.

Comente: