Público baiano aprova divulgação dos festejos juninos e consagra o sucesso da ação

Diversas ações foram realizadas ao longo da passagem da equipe da Setur por Salvador

Cinco dias dedicados a apresentar a cultura sergipana e os atrativos que remetem aos festejos juninos do estado. Assim foi a passagem da caravana sergipana que esteve entre os dias 22 e 26 de maio, no Shopping da Bahia, em Salvador. O local sediou a ação “Vem Sentir Sergipe – O país do forró” e no dia do encerramento contou com a participação da dupla Chiko Queiroga & Antônio Rogério, e da banda “Os três mulekes”. 

Os baianos que estiveram no local demonstraram a satisfação com a ação. “Fiquei encantado com este espaço dedicado a cultura de Sergipe, pois até gerou uma memória afetiva de quando visitei o estado. A receptividade, sabores, música e as belezas da região são apaixonantes”, relata o professor Calistos Bastos. 

A baiana Celiane Pereira, trabalha na função de caixa no Shopping da Bahia e comentou sobre a repercussão no local. “Tive conhecimento pelos colegas que chegaram lá na loja falando da decoração do estande e como a tapioca estava deliciosa. Estão de parabéns”, cita. 

Sergipanidade em destaque

Durante os dias Sergipe se fez presente na Bahia de diversas formas: com artesanato, culinária, música, divulgação da rede hoteleira e de roteiros turísticos, entre outras ações. Satisfeito pelo êxito com as vendas ao representar o município de Santana do São Francisco, o artesão Leoniqson Santos, por exemplo, teve a saída de 60% das peças em cerâmica que foram expostas. “Estou feliz com a oportunidade de participar da ação e o público gostou muito do artesanato do município. Foi surpreendente como os baianos abraçaram o projeto”, afirma. 

Quem também compôs a caravana foi Gleide Selma Oliveira, conhecida como Tia Gleide. Ela ficou responsável pela degustação da tapioca sergipana e lembra que, ao todo, foram distribuídas aproximadamente 1.000 unidades. “O momento da degustação é um dos mais esperados em eventos como esse. Primeiro enfrentam a fila para provar da tapioca e depois vão dançar forró. A energia e o carisma dos baianos é excepcional”, confessa.

A técnica da Setur e responsável pelo projeto, Léa Duarte, também comemora o sucesso da ação e destaca a valorização do setor turístico da Bahia ao evento. “Tivemos uma grande aceitação tanto do público como dos atores que integram o setor. O objetivo foi alcançado e a sensação é de dever cumprido mediante a atual situação de crise que o país vivencia. A pasta executou a ação e foi até onde poderia cumprir, baseada nos seus recursos. Além disso, contamos com excelentes parcerias que garantiram o sucesso da atividade”, frisa. 

Divulgação itinerante

A promoção do destino Sergipe aconteceu ao longo de toda a semana e não se restringiu a ação no Shopping da Bahia. No mesmo período aconteceu na cidade o Congresso Brasileiro de Guias de Turismo, e a Setur aproveitou a oportunidade para divulgar o estado em mais um ambiente. Ainda na sexta, 24, ocorreu uma capacitação para agentes e operadoras de turismo na Casa do Comércio, com intuito de prepará-los ainda mais para oferecer o destino Sergipe.

Completando a divulgação, no sábado, 25, a região conhecida como Largo de Santana, no Rio Vermelho, também recebeu uma ação de promoção do destino Sergipe. Lá, foram distribuídos panfletos com roteiros turísticos, apresentação do casal junino e apresentação da banda “Os três mulekes”. 

O guia de turismo sergipano, Alessandro Tavares, que esteve participando do Congresso Nacional de Guias de Turismo na capital baiana e acompanhou a ação no Rio Vermelho acredita que todo o trabalho realizado pelo Governo trará bons resultados. “O Rio Vermelho é considerado um dos principais bairros boêmios de Salvador, frequentado por turistas de todo o Brasil. E a apresentação de Sergipe foi uma excelente estratégia de convite para o São João”, finaliza.

Comente: