Prefeitura presta assistência às famílias afetadas por desabamento de muro

Defesa Social e Cidadania

Prefeitura presta assistência às famílias afetadas por desabamento de muro

21/04/18 13h26

Neste sábado, 21, a Prefeitura de Aracaju manteve suas equipes em alerta para atender as ocorrências provenientes das chuvas, que atingem a capital desde a tarde da sexta-feira, 20. A Secretaria de Defesa Social e da Cidadania, por meio da Defesa Civil, registrou dois chamados, no período da manhã. Prontamente, as equipes deslocaram-se para avaliação de risco e adoção de providências.

No Lamarão, parte do muro de contenção aos fundos do prédio que abriga a Escola Municipal de Educação Infantil Monsenhor João Moreira Lima e o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Carlos Fernandes Melo cedeu. O quintal de uma casa foi atingido e outras duas residências ficaram em situação de risco. Os danos foram de ordem estrutural, uma vez que não havia pessoas nos espaços afetados. Imediatamente as equipes da Defesa Civil de Aracaju e da Secretaria Municipal da Assistência Social deslocaram-se para avaliar a situação e desempenhar ações de proteção à integridade física e material dos moradores.

O coordenador da Defesa Civil de Aracaju, major Sílvio Prado, realizou avaliação das estruturas das casas adjacentes para eliminar riscos. “Estamos trabalhando para que parte desse muro de contenção, que apresenta risco, seja retirado e, assim, não precisemos desalojar as famílias. A ação, hoje, é de primeira resposta, no sentido de eliminar o risco. Posteriormente, a base desse muro deve ser reforçada”, explicou o coordenador.

A secretária municipal da Assistência Social de Aracaju, Rosane Cunha, ressalta que, no momento em que soube do ocorrido, já estava junto à sua equipe, realizando uma ronda na cidade. Imediatamente, encaminharam-se até o local do desabamento, e junto com a Defesa Civil, prestaram a primeira assistência emergencial à família. ” Atuamos, nesse primeiro momento, de maneira a evitar que os moradores se machuquem, para que fiquem em segurança e não sofram perdas materiais. Por isso, disponibilizamos o espaço do CRAS para guardar os móveis e utensílios, em segurança, e eles possam se deslocar para a casa de familiares ou amigos por, pelo menos, 48horas. Na segunda-feira, realizaremos, junto com a Defesa Civil, uma avaliação para definir quais serão os procedimentos definitivos”, ressaltou a secretária.

Para a moradora Ana Valéria Santo, que recebeu a atenção das equipes da Prefeitura de Aracaju, a resposta ao acontecimento foi rápida, o que tranquilizou a todos. “Assim que ligamos para a Defesa Civil, em menos de 30 minutos, estavam aqui junto com a equipe da Assistência Social. Foram rápidos e colocaram o espaço do CRAs a nossa disposição caso quiséssemos nos retirar da residência provisoriamente ou acomodar nossos móveis. Agora estamos bem mais tranquilos”, declarou a moradora.

Apesar da disponibilização de parte do espaço do CRAs Carlos Fernandes Melo, no Lamarão, para as famílias, seu funcionamento ocorrerá normalmente, na segunda-feira, 23.

INSS

Defesa Civil de Aracaju atende ocorrência relacionada ao desplacamento de reboco no prédio do INSS(Fotos: Defesa Civil)

A primeira solicitação recebida pela Defesa Civil de Aracaju, na manhã deste sábado, 21, diz respeito ao desplacamento de parte do reboco do prédio do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS-, localizado na Avenida Ivo do Prado. O coordenador da Defesa Civil , major Sílvio Prado, esteve no local, que foi interditado. “Em função desse desplacamento, o telhado e o forro acabaram cedendo sobre a sala de atendimento. Como o prédio já apresentou esse episódio, avaliamos a necessidade de interdição até que haja uma avaliação predial de toda a estrutura, que deve ser apresentada à Defesa Civil”, esclareceu o coordenador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *