Prefeitura investe R$ 15 milhões na urbanização da segunda etapa do Japãozinho

Para proporcionar mais qualidade de vida aos quase 12 mil moradores do Japãozinho, na zona Norte da cidade, a Prefeitura de Aracaju executa, na segunda etapa do bairro, uma importante obra de infraestrutura, que contempla a terraplanagem, drenagem pluvial, esgotamento sanitário e pavimentação asfáltica de 11 ruas, e mudará a paisagem urbanística de toda a região. 

A obra, resultado de um investimento de cerca de R$15 milhões, em recursos conveniados entre o Município e o Governo Federal, está na fase inicial, de medições e escavações do terreno em declive que dará lugar a uma nova avenida, que terá quase 1 km de extensão e vai cortar o bairro no sentido norte/sul, da Euclides Figueiredo até a rua Santa Terezinha, já no bairro Cidade Nova. 

De modo a reforçar o sistema de drenagem de toda a zona Norte, o projeto executivo desta obra contempla a construção de duas lagoas de 4.000 m², para receber as águas pluviais, além da edificação de um canal em gabião com cerca de 170 metros que vai fortalecer a estrutura da parte mais alta do bairro e garantir a vazão das águas servidas.

Cerca de 50 operários atuam nos serviços basilares e garantem que a execução do projeto siga em ritmo satisfatório. 

O secretário municipal da Infraestrutura, Sérgio Ferrari, destaca os valores agregados neste empreendimento. “Este bairro ainda não está totalmente coberto com saneamento e esta obra vai sanar este problema porque a drenagem será reforçada, a nova avenida terá pista dupla, canteiro central com ciclovia, sinalização e equipamentos modernizadores”, ressalta. 

Mais investimentos

E esta não é a única obra que a Prefeitura de Aracaju executa, atualmente, no Japãozinho. Nesta região, a gestão municipal trabalha para finalizar, até o final deste ano, a urbanização da comunidade Getimana, localizada na parte mais baixa do bairro. 

Para corrigir os desajustes urbanísticos, o projeto engloba o revestimento de um canal com mais de 100 metros de extensão, implantação de um quilômetro de meio-fio de concreto, 463 m² de pavimentação em concreto e 3.696 m² de pavimentação de paralelepípedo. Orçada em mais de R$ 1,5 milhão, conveniado com o Governo Federal, esta obra está 85% executada. 

Comente: