Operação Terminal Seguro reduz crimes no transporte público em Aracaju

Cerca de 24 agentes da Guarda Municipal de Aracaju (GMA), atando em seis viaturas, fazem a segurança dos terminais de transporte público da capital através da operação Terminal Seguro. Implantada pela Prefeitura de Aracaju a partir de dados estatísticos, a operação reduziu em mais de 85% as ocorrências em ônibus e terminais.

“Com os dados sobre as ocorrências, nós fizemos um planejamento e, a partir daí, conseguimos combater diretamente os crimes que ocorriam, pois saíamos os tipos, os dias e horários dessas ocorrências”, explica o diretor-geral da Guarda Municipal, subinspetor Fernando Mendonça.

Ele ressalta que os guardas trabalham, diuturnamente, de domingo a domingo, em todos os cinco terminais de integração de Aracaju. “A gente faz uma migração de acordo com o período do ano, com a realização de grandes eventos, já que nossa atuação é itinerante”, esclarece.

Isso permite que a operação seja mais ou menos intensificada em determinado terminal, a depender do dia, do horário e de algum evento a ser realizado no entorno, por exemplo. “Varia de acordo com a demanda”, explica Fernando Mendonça.

Segundo o diretor da Guarda Municipal, é a constância da operação que faz os números caírem de forma tão significativa. “Os índices de assaltos a ônibus, no entorno dos terminais e nos pontos de parada próximos aos terminais caíram muito, criando uma sensação de segurança para a população que utiliza o transporte público”, destaca.

A operação Terminal Seguro foi criada em 2017, depois de Aracaju registrar, em 2016, o pico de assaltos a ônibus. “Foi o período em que houve os maiores números, então, no início da gestão, o planejamento foi feito e colocado em prática. A operação foi mantida nesses quatro anos e os resultados mostram que ela, de fato, ajuda a combater esses crimes”, avalia o diretor-geral da GMA.

Para o secretário municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), Luís Fernando Almeida, a operação Terminal Seguro é uma das principais realizações do Município, no âmbito da Guarda. “As estatísticas feitas pelo Setransp mostram que chegamos a uma redução de quase 90% do índice de assaltos a ônibus. É claro que isso não é apenas um trabalho da GMA, mas também das polícias Militar e Civil, e de toda essa integração entre as corporações”, avalia.

Segundo o secretário, não há dúvidas de que a presença da Guarda nesses locais inibe que pessoas andem armadas ou pratiquem furtos e roubos. “Essa redução dos assaltos a ônibus é um reflexo também da operação Terminal Seguro, que traz uma sensação de segurança às pessoas que utilizam o transporte coletivo e os terminais de integração. O trabalho será mantido nesse segundo governo do prefeito Edvaldo Nogueira e, com certeza, continuará com o êxito, porque não é algo estático, é algo que a gente vem aprimorando”, ressalta.

Esse aprimoramento passa, segundo o secretário, pelos serviços de inteligência. “O futuro de Aracaju é pelo avanço das tecnologias, que com a PPP da Iluminação Pública vai mudar muito, assim como a instalação de novas câmeras. Então, Aracaju caminha cada vez mais para ser uma cidade inteligente, criativa e humana em prol do cidadão. Cada vez mais nós estamos buscando integração dos órgãos da Semdec, para que trabalhem sempre juntos, servindo o cidadão”, reitera.

Comente: