“O povo está escolhendo buraco menor para desviar”, lamenta Emília

A defensora pública e vereadora, Emília Corrêa (PEN), lamenta que a cidade de Aracaju esteja totalmente abandonada, no quesito ruas e avenidas. Os inúmeros buracos têm exigido grande pericia dos condutores e atenção redobrada dos pedestres.

Segundo Emília, a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), não está cumprindo com seu papel, de garantir a segurança a manutenção e consequentemente segurança das vias públicas, o que vem gerando transtornos para condutores e pedestres todos os dias. “A cidade de Aracaju está largada. As pessoas não sabem mais como conduzir o veículo, porque estão a todo o momento desviando e agora tem que escolher o buraco menor para desviar”, pontou.

Para Emília, uma cidade com o trânsito de Aracaju e as chuvas que começam a cair, e repleta de buracos como está, a tendência é aumentar o número de acidentes e atropelamentos. Além disso, a situação prejudica a fluidez do trânsito e coloca em risco a vida dos pedestres. “A minha preocupação são os acidentes, a integridade física das pessoas. Mas não é preocupação que se limita apenas aos condutores dos veículos, me preocupam os pedestres também. É preciso cuidar rapidamente das ruas e avenidas, ou os acidentes vão se multiplicar, pois toda cidade está cheia de buracos”, concluiu.

Foto: César de Oliveira

Por Andrea Lima, Assessoria de Imprensa da parlamentar

Comente: