Membros da CPI da Saúde conseguem fazer a primeira visita ao Cirurgia

Após serem impedidos de visitar o Hospital de Cirurgia, no mês passado, os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde conseguiram realizar a primeira inspeção na entidade, nesta segunda-feira, 21. Além do vereador Seu Marcos, que preside os trabalhos da CPI, os demais membros participaram da visitação, o relator Isac Silveira (PCdoB), Anderson de Tuca (PRTB), Cabo Amintas (PTB) e Jason Neto (PDT).

Recebidos pelo presidente financeiro Milton Eduardo e pelo coordenador da Cardiologia, José Teles Mendonça, os cinco vereadores realizaram a visita programada ao hospital. Cerca de 40% do local foi vistoriado e diversos problemas identificados. O mais crítico foi o fechamento do setor de cardiopatia por falta de estrutura. “Os pacientes infartados não estão sendo atendidos e correm risco de vida, já que estão sendo encaminhados para casa. Se estas pessoas vierem a óbito quem irá se responsabilizar? Nenhuma medida está sendo tomada. Isso é desumano”, alertou o presidente da Comissão, Seu Marcos (PHS).

Sobre as dificuldades enfrentadas pela entidade filantrópica, Seu Marcos esclareceu: “realmente a situação do Hospital de Cirurgia é caótica. Conversamos também com alguns pacientes e vamos nos reunir e tentar ajudar. Não queremos que o Cirugia pare de atender a população e nem que feche as portas. Mas muita coisa precisa ser esclarecida. O Hospital não tem condições nenhuma de continuar como se encontra atualmente. Precisamos dar um atendimento decente aos sergipanos”, justificou.

Por Marta Costa, Assessoria de Imprensa do parlamentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *