Jackson unifica bancada sergipana na conquista de recursos para a saúde do estado

Votação para destinação da emenda impositiva ocorreu nesta terça-feira, 17

A emenda impositiva para o exercício de 2018 será dividida entre a saúde pública e a Companhia De Desenvolvimento Do Vale São Francisco (Codevasf). A decisão foi acertada durante reunião entre a bancada federal do Estado, composta por senadores e deputados federais, e o governador Jackson Barreto nesta terça-feira, 17, em Brasília.

 

O montante de R$ 160 milhões será dividido em partes iguais, de R$ 80 milhões, para a rede de saúde pública do estado, administrada pelo governo, e para a Companhia De Desenvolvimento Do Vale São Francisco (Codevasf).

 

Em seu pronunciamento, o governador Jackson Barreto explicou que os deputados e senadores buscaram um entendimento em prol de Sergipe, haja vista a falta de maioria para a aprovação das sugestões da situação ou da oposição.

 

“Sergipe é um só. Precisamos unificar os esforços para podermos garantir os recursos que nosso estado merece e nosso povo precisa. O caminho é o entendimento. Se são duas as propostas e não há maioria, vamos buscar um acordo que seja melhor para nosso povo. Nós optamos pela saúde, que é um dos grandes problemas de nosso estado. Estamos investindo na rede, neste momento, estamos ampliando os hospitais de Nossa Senhora do Socorro e do hospital de Glória, para atender todo o Sertão, com ortopedia e centro cirúrgico; ampliando a capacidade de atendimento do hospital de Itabaiana, com a instalação de tomógrafos e reforma; vamos colocar ortopedia no hospital de Estância, reabrir a maternidade Hildete Falcão, ampliar o numero de leitos obstetrícios em Capela e os serviços do hospital de Propriá”, disse o governador.

 

No último dia 04, Jackson apresentou proposta de emenda na área da saúde para a senadora Maria do Carmo, a representante do senador Eduardo Amorim e para os deputados federais Fábio Reis, Fábio Mitidieri, André Moura, Jony Marcos, Adelson Barreto e João Daniel.

 

Comente: