Instituto Banese realiza o ‘Agosto Mês das Culturas da Gente 2015’

gallery_big_30a946a4af3dbc1f936b6bcade2fe8b5O Instituto Banese, com a promoção do Museu da Gente Sergipana Governador Marcelo Déda, realizará uma vasta programação durante o mês de Agosto com o objetivo de difundir e valorizar as expressões populares tradicionais e suas releituras e reinvenções. É uma homenagem ao dia 22 de Agosto, Dia do Folclore, que inclui apresentações artísticas, culturais e oficinas. Chamado de ‘Agosto Mês das Culturas da Gente 2015’, o projeto é uma parceria do Instituto com o  IPHAN, SEBRAE, Palco Music Store e Centro de Aprendizagem Musical (CAM).

“O Agosto Mês das Culturas da Gente é uma programação pensada para que o público experimente as criações artísticas inspiradas nas tradições. O nosso objetivo é que quem visite o museu nesse agosto se identifique com as manifestações populares que trazem um pouco daquilo que nos faz especiais. É uma programação feita para todos os públicos nesse espaço cultural dinâmico que é o Museu da Gente. Esperamos a criança, o adulto, o sergipano e o turista pra brincar esses dias com a gente”, convida o diretor de Programas e Projetos do Instituto Banese, Marcelo Rangel.

De 05 a 28 de agosto, o Museu da Gente será palco para muitos talentos sergipanos e ponto de encontro para sergipanos e turistas vivenciarem a cultura e a arte sergipana nas suas mais belas formas de expressão. Além das oficinas lúdicas orientadas pelos educadores do museu, a programação contará com a música expressa através do ritmo da percussão com o Grupo Burundanga Percussivo; a tradição dos tototós retratada na exposição ‘Tototó de Sergipe’; o artesanato sergipano exibido na Feirinha da Gente, a brincadeira anunciada pelo Maracatu de Brejão; a sabedoria popular na prosa com os mestres sergipanos; e a arte cênica apresentada pelo Teatro de Bonecos do Mamulengo de Cheiroso e na oficina de fantoche de dedos (dedoches).

Abertura

A abertura da programação será marcada pelo lançamento do CD ‘Voz de dentro’, do terceto Café Pequeno, grupo instrumental cuja proposta dialoga com a intenção do Museu da Gente de proporcionar a harmonia entre o tradicional e o contemporâneo, mantendo vivas as tradições e acolhendo o novo. E é bem isso que o grupo Café Pequeno faz ao se apropriar da música tradicional sergipana para criar novas e sofisticadas composições. Em ‘Voz de dentro’, o terceto traz canções autorais e releituras que têm como referência as cores, os ritmos e a poesia do nordeste, em especial de Sergipe. As participações especiais no disco são na verdade homenagens a manifestações, mestres e músicos sergipanos dessa e de gerações passadas, dando voz à cultura sergipana.

O show, que acontecerá no dia 05, às 19h, no auditório do Museu da Gente Sergipana, terá entrada franca, e disponibilizará para venda o CD ‘Voz de Dentro’.

Café Pequeno

O terceto Café Pequeno surgiu em 2005 e é composto pelos músicos Pedrinho Mendonça (Percussão), Julio Rêgo (Gaita) e Guga Montalvão (Violão). O grupo nasceu durante os bate papos nas tardes de sábado, quando se encontravam para falar de música e, claro, tomar café, na casa de um deles. Os três são aracajuanos, instrumentistas de formações diversas e têm em comum o gosto pela música instrumental. Os integrantes passaram por conservatórios de música e fizeram cursos com nomes importantes da música brasileira como Naná Vasconcelos, Otávio Castro e João Rodrigues.

Café Pequeno participou de eventos importantes como Circuito Sesc de Música, Sesc Partituras, MPB Petrobras, Festival BNB da Música Instrumental, entre outros. Fez apresentações na Cité Universitaire Internationale de Paris/França, e no Festival Tensamba, na cidade de Madrid/Espanha. Foi vencedor da etapa regional do 1º Festival de Músicas da Associação das Rádios Públicas do Brasil, com a canção “Ultima Batalha”, vencedor das etapas regional e nacional do 2º edição deste mesmo festival com a música “Hang Drum Café” e vencedor do I Festival Alumiar de Composições de Forró de Sergipe com a música “Cobra e duende”. O primeiro CD, ‘Café Pequeno na cozinha de Badyally’, foi lançado em 2009 e inclui canções autorais e releituras.

 

Confira a programação completa

Dia 05: Lançamento do CD “Voz de dentro”, do grupo instrumental Café Pequeno

Horário: 19h

Local: Auditório do MGS

Dia 11: Abertura da exposição “Tototó de Sergipe”

Horário: 19h

Dia 14: Batuque no Museu, com Grupo Burundanga Percussivo

Horário: 16h

Feirinha da Gente, com artigos tradicionais de Sergipe*

Horário: das 16h às 20h

Local: Estacionamento do MGS

Dia 21: Brincadeira no Museu, com o Maracatu de Brejão (Brejo Grande)

Horário: 15 às 17h

Dia 27: Roda de conversa: dois dedos de prosa com os mestres sergipanos – Homenagem a Maurelina Santos

Horário: das 9h às 11h

Local: Àtrio do MGS

Dia 28: Oficina de fantoches de dedo (dedoches), com a Profa. Letícia Andrade e alunos do PIBID (MEC-Cappes/Teatro-UFS)

Horário: 14 – 16h

Local: Àtrio do MGS

Espetáculo  “A Viúva Alucinada”, do Grupo Mamulengo de Cheiroso

Horário: 17h

Local: Átrio do MGS

De 11 a 27 de agosto, às terças, quartas e quintas (11h e 15h): Atividades lúdicas com os educadores do Museu da Gente

 

Comente: