“Guarda Municipal tem ajudado muito na segurança da capital”, diz secretário de Segurança Pública

O diretor-geral da Guarda Municipal de Aracaju (GMA), o subinspetor Fernando Mendonça, foi recebido na manhã de quarta-feira, 5, pelo secretário de Segurança Pública de Sergipe, o delegado João Batista. O encontro faz parte da política de integração implementada pela Prefeitura de Aracaju visando aproximar ainda mais as instituições estaduais de segurança pública e a GMA.

Durante a reunião, foram discutidas importantes parcerias que estão sendo planejadas entre a secretaria estadual e a corporação do município. O objetivo é impulsionar, cada vez mais, as frentes de combate à violência na capital sergipana, e buscar promover uma cidade mais segura.

Os esforços empregados pela atual gestão municipal no que diz respeito à segurança já estão sendo notados e foram reconhecidos também pelo secretário João Batista. Uma das ações destacada pelo gestor como medida acertada foi o programa Terminal Mais Seguro, desenvolvido pela GMA desde fevereiro para intensificar as rondas nos terminais de ônibus. No primeiro trimestre de 2017 em comparação com o mesmo período de 2016, os assaltos a ônibus foram reduzidos em 50%.

“A Guarda Municipal de Aracaju dispõe de boa estrutura e homens capacitados e, dentro de suas competências institucionais, tem desenvolvido um trabalho que tem ajudado muito na segurança pública da capital. Quando todos trabalham respeitando suas competências constitucionais, sem querer inflar egos e visando o bem comum, quem sai beneficiado é a população”, declarou o secretário João Batista.

Outro ponto debatido no encontro foi a instalação das câmeras de vídeo monitoramento, para que estas sejam incorporadas ao monitoramento estadual. Dessa forma, tanto a GMA como SSP/SE farão uso das imagens em seu trabalho de policiamento da capital.

“Teremos todo o cuidado para que, quando iniciarmos a instalação das 82 câmeras da Prefeitura, não sobreponhamos as câmeras do CIOSP. Ao contrário, queremos integrar nossas câmeras às deles para que possamos expandir o vídeo monitoramento para mais áreas da capital”, afirma Mendonça.

Deixe uma resposta