Destaques dos principais jornais do Brasil

16 de fevereiro de 2018

O Globo

Manchete : Temporal causa 4 mortes e expõe despreparo do Rio

Prefeitura falha em açoes de prevenção – Lentidão no socorro a emergências agrava caos – Novo trecho da ciclovia desaba em São Conrado

A violenta tempestade que caiu sobre o Rio ontem deixou 4 mortos — entre eles Antônio Marcos, de 15 anos, arrastado pela enxurrada que varreu sua casa — e um rastro de destruição que poderia ter sido evitada. Para especialistas, faltou limpeza de rios e de galerias pluviais.

Ano passado, o Rio executou R$ 277,8 milhões para prevenir as enchentes, o menor investimento desde 2012. O excesso de lixo nas ruas após o carnaval contribuiu para a cheia. Trens e BRT foram afetados, levando caos ao transporte público.

A cidade registrou 95 km de engarrafamentos pela manhã. Ficaram sem energia vários bairros, 16 hospitais e UPAs. Mais um trecho da ciclovia Tim Maia, que teve parte arrancada pelas ondas em 2016, desabou em São Conrado.

A prefeitura demorou a reagir, o que piorou a situação. São cerca de 2 mil desabrigados na cidade, segundo a Defesa Civil. (Págs. 7 a 12 e editorial “Prefeitura mostra despreparo diante das chuvas”)

Na Europa, Crivella estica visita que custou R$ 130 mil

Muito criticado em memes nas redes sociais, o prefeito Marcelo Crivella, que esticou em um dia sua viagem à Europa, levou 17 horas para emitir nota de pesar lamentando as mortes e se solidarizando com as famílias. O tour do prefeito e de sua comitiva custou R$ 130 mil aos cofres públicos. (Pág. 9)

EUA: massacre abala famílias brasileiras

Após o massacre na Flórida, pais de cerca de 50 jovens brasileiros que estudam na escola já debatem a possibilidade de voltar para o Brasil. (Pág. 21)

Venezuelanos que pedem refúgio já são mais de 18 mil

Em apenas 45 dias, o número de imigrantes venezuelanos que entraram com pedido de refúgio ou autorização de residência no Brasil já supera o do ano passado. De 1° de janeiro até ontem, a Polícia Federal registrou 18 mil solicitações apenas em Boa Vista, Roraima. No ano passado, foram 17,8 mil pedidos em todo o Brasil. Estudo da PF mostra que há engenheiros e médicos entre os imigrantes. (Pág. 3)

Huck desiste de concorrer à Presidência

O apresentador Luciano Huck decidiu não disputar a eleição para presidente da República. A notícia foi recebida com alívio por alguns tucanos. (Pág. 6)

Queda de juros não chega ao consumidor

Mesmo com o juro básico no menor nível histórico, o consumidor paga taxa altíssima, devido à inadimplência e à concentração bancária. (Págs. 17 e 18)

Juíza condena Corinthians e Odebrecht a devolverem R$ 400 milhões gastos no Itaquerão. (Pág. 27)

 

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete : Huck escolhe permanecer na TV e desiste de candidatura

‘Preciso digerir a decisão’, disse; disputa pelo Planalto enfrentava resistência da família de apresentador

O apresentador Luciano Huck decidiu ontem ficar fora da disputa pela Presidência da República. A TV Globo cobrava seu posicionamento e a candidatura enfrentava a resistência de parentes. “Não serei candidato, mas não quero falar mais sobre o assunto agora. Preciso digerir a decisão”, disse à coluna Direto da Fonte. Depois de anunciar, em novembro, que não concorreria ao Planalto, o apresentador passou novamente a cogitar a candidatura após a condenação do ex-presidente Lula pelo TRF-4, em janeiro. Associado ao discurso de renovação, Huck era visto como alternativa aos políticos tradicionais. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) agora deve tentar se aproximar dos grupos apoiadores do apresentador, como o RenovaBR. Ontem, a avaliação era de que esses movimentos perdem o que seus integrantes consideravam “a mola propulsora” para candidatos ao Legislativo.
(Política / Pág. A4)

Temer fará intervenção na Segurança Pública do Rio

O presidente Michel Temer decidiu intervir na Segurança do Rio por meio de decreto. Com o aval do governador Luiz Fernando Pezão (MDB), o Exército assumirá a responsabilidade sobre as polícias, relatam Andreza Matais e Tânia Monteiro. Agora, cabe ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB), convocar sessão em dez dias para que Câmara e Senado aprovem ou rejeitem a medida.
(Metrópole / Pág. A14)

Montadoras desafiam acordo com a Argentina

A importação de veículos do Brasil pela Argentina está acima dos limites estabelecidos em acordo comercial entre os dois países. A regra determina que, para cada US$ 1 que a Argentina exporta para o mercado brasileiro, o País pode exportar US$ 1,5 para lá. A proporção, no entanto, chegou a US$ 2,34 no ano passado e a US$ 2,19 de julho de 2017 a janeiro deste ano. O desequilíbrio pode acarretar multas.
(Economia / Pág. B1)

PF ameaça ir ao Supremo contra interferências

Após declarações do diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, delegados que atuam em casos de réus com foro privilegiado ameaçaram acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) contra interferências em investigações.
(Política / Pág. A6)

‘Esses de ficha suja, pra mim, estão todos fora’

Tite fala de eleições e diz que não será usado por políticos se vencer.
(Pág. A15)

Justiça manda Corinthians devolver R$ 400 mi (Esportes / Pág. A16)

 

Vacina da febre amarela atinge só 19% do público (Metrópole / Pág A14)

 

Notas & Informações

A hora da coragem histórica

Chegou-se a um ponto em que o Brasil precisa que a reforma da Previdência seja discutida e votada pelos deputados, sem mais delongas.
(Pág. A3)

Os juros e o cenário de riscos

A perspectiva de superação dos problemas fiscais dará espaço a uma política mais branda.
(Pág. A3)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Petrobras se blinda contra intervenções danosas do governo

Mudança no estatuto da companhia obriga União a ressarcir prejuízos gerados por subsídios ou investimentos frustrados

A Petrobras incluiu em seu estatuto artigos para blindar sua política de preços e evitar o uso político da companhia para realizar investimentos. Na prática, a medida obriga o governo a ressarcir a empresa em caso de prejuízos com a concessão de subsídios aos combustíveis ou com investimentos de interesse público.

A mudança, aprovada pelos acionistas, pode ser um obstáculo às pretensões do governo de subsidiar o gás de cozinha após escalada de preços iniciada no ano passado. Pelas novas regras, se quiser forçar a Petrobras a praticar preços mais baixos, a União terá que ressarcir anualmente a empresa pelos prejuízos causados.

A defasagem nos preços durante governos petistas é apontada por analistas como uma das razões para a crise da estatal, ao lado dos investimentos superfaturados investigados pela Lava Jato. De 2011 a 2014, a diferença de valores e projetos deficitários geraram perda de quase R$ 90 bilhões à área de refino. (Mercado A15)

Huck confirma decisão de não se candidatar à Presidência

Luciano Huck confirmou ontem que não concorrerá à Presidência em outubro. Nas últimas semanas, a condenação em segunda instância, com virtual inelegibilidade, do ex-presidente Lula resgatou o nome do apresentador da Globo como opção.

Segundo interlocutores de Huck, o trabalho na TV pesou na decisão, além do escrutínio a que seria submetido na campanha. (Poder A4 e A5)

Acordo entre banco epoupador chega à fase final no STF

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, homologou o acordo entre bancos e poupadores, firmado no final de 2017, que prevê indenizações pelas perdas nos planos Verão, Bresser e Collor 2.0 plenário do tribunal ainda analisará o tema, mas é improvável que haja objeção ao acordo. (Mercado A21)

Cristiane Brasil é uma vítima dos machistas

Marli Iglesias

Ciistiane Brasil (PTB-RJ) é vítima dos machistas e moralistas que a sentenciaram nas redes sociais. Tentam excluí-la da vida pública e macular sua imagem. Fosse um homem cercado por quatio mulhei es de biquíni, o vídeo teria a mesma repercussão? (Opinião A3)

MARLI IGLESIAS é fundadora do PTB Mulher.

Cyril Ramaphosa é eleito presidente da África do Sul pelo Parlamento (Mundo A12)

 

Editorial

“Bolsa furada”, acerca de sinais de fraudes cometidas por entidades de ensino, e “O encontro das Coreias”, sobre estratégia do ditador Kim Jong-un. (Opinião A2)

————————————————————————————

Comente: