Banese obtém lucro líquido de R$ 22,4 milhões no 1º semestre

 

Resultados referentes ao 1º semestre de 2016 foram publicados no balanço financeiro da instituição

 

 

O Banco do Estado de Sergipe (Banese) obteve lucro líquido de R$ 22,4 milhões no primeiro semestre de 2016. O resultado foi considerado satisfatório pelo presidente do banco, Fernando Mota. De acordo com ele, o Banese continua mantendo de forma sólida seu papel como agente financeiro do desenvolvimento sócioeconômico de Sergipe, buscando com afinco, através de investimentos tecnológicos e inovações em produtos e serviços, proporcionar maior valor e comodidade aos clientes e eficiência no modelo de operação.

 

“Nossa evolução ratifica o acerto das estratégias aplicadas, bem como o empenho dos colaboradores e empresas relacionadas, aos quais dirigimos nosso reconhecimento”, afirma o presidente do Banese na mensagem de apresentação dos resultados da instituição no primeiro semestre deste ano.

 

Publicado no último final de semana, o balanço mostra que no primeiro semestre de 2016 as operações de crédito do Banese totalizaram quase R$ 2,164 bilhões, registrando crescimento de 12,9% em relação ao primeiro semestre de 2015. O patrimônio líquido do banco registrou R$ 299 milhões no final de junho de 2016, com incremento de 1,4% em relação ao mesmo período de 2015.

 

O resultado dos negócios realizados pelo Banese no primeiro semestre deste ano, apesar da forte recessão econômica do país, foi considerado positivo visto que as operações de crédito registraram crescimento de 5,4% em relação ao segundo semestre de 2015, quando se verificou queda de 0,4% do volume transacionado em todo o estado de Sergipe, segundo dados do Banco Central.

 

No balanço do semestre, o banco também destacou as ações de responsabilidade sócioambiental desenvolvidas pelo Instituto Banese em sintonia com políticas públicas com foco na promoção da cultura, defesa e conservação do patrimônio histórico e artístico estadual. O balanço informa que o Instituto Banese, no seu papel de agente de transformação social, beneficiou, direta ou indiretamente, cerca de 41 mil pessoas da comunidade ligadas às entidades filantrópicas apoiadas e às ações patrocinadas ou realizadas pela instituição.

 

Comente: