Banese ingressa no mercado de câmbio

A partir de março o Banese realizará operações de compra e venda de moeda estrangeira em algumas agências de Aracaju

 

O Banco do Estado de Sergipe (Banese) está entrando no mercado de câmbio. A partir do próximo mês de março, o banco iniciará as operações de compra e venda de moeda estrangeira em algumas de suas agências de Aracaju. Além disso, o Banese também realizará operações de comercialização de cartão viagem pré-pago (Travel Money Card), remessa e recebimento de recursos do exterior (money transfer) e operação de câmbio comercial e financeiro, através de uma das maiores corretoras de câmbio do mundo, a empresa norte-americana Western Union (WU).

Segundo o superintendente financeiro do Banese, Daniel Munduruca, o banco entra no mercado de câmbio com taxas competitivas. “Vamos oferecer um atendimento rápido e com preços competitivos”, disse Munduruca, ressaltando que o Banese decidiu entrar no negócio de câmbio para fornecer novas soluções financeiras para os clientes e usuários da rede Banese, dentro do planejamento estratégico da instituição.

Munduruca também informou que inicialmente as operações de câmbio do Banese serão realizadas na agência Jardins, localizada no Shopping Jardins, em Aracaju. “Depois, elas passarão a ser feitas também em outras agências da cidade, como a José Figueiredo, a Riomar e a de Atalaia, região por onde circulam muitos turistas”, acrescentou.

A compra ou venda da moeda estrangeira é muito simples, só é preciso apresentar documento de identificação válido e endereço residencial atualizado. Para os cidadãos brasileiros, CPF válido e documento de identificação, a exemplo de RG, CNH, carteira de registro profissional, dentre outros. Já para estrangeiros, é preciso passaporte ou, para os cidadãos dos países integrantes do Mercosul, a cédula de identidade emitida em seu país de origem.

Serviço inovador

Com viagem marcada para os Estados Unidos, onde iria participar de um evento de negócios na área de Tecnologia da Informação (TI), em Las Vegas, o empresário Fabrício Santana, foi o primeiro a comprar dólares na agência Jardins, em meados do mês de fevereiro, ainda quando o serviço estava funcionando em fase de testes.

O empresário disse ter ficado muito satisfeito com o atendimento no Banese. “Trata-se de um serviço muito prático e seguro para nós, que temos conta na agência. Fui ao banco e já sai de lá com os dólares de que precisava. Esse novo serviço enriquece o portfólio do Banese, que ultimamente vem se destacando pelas soluções inovadoras que tem trazido para Sergipe”, elogiou.

Para o gerente geral da agência Jardins, Ernani Júnior, a atuação do Banese na área de câmbio vem suprir uma demanda da clientela da instituição. “O novo serviço de câmbio é mais um diferencial que estamos entregando aos nossos clientes”, ressaltou.

Comente: