Brasil se torna país com mais gols em Copas do Mundo

Com os dois gols feitos sobre o México, Seleção Brasileira chega a marca de 228 bolas nas redes em Mundiais

Única seleção que participou de todas as edições de Copas do Mundo, a maior campeã, com cinco títulos, e agora a recordista de gols. O gol de Neymar que abriu o placar para a Canarinho diante do México pelas Oitavas de Final da Copa do Mundo FIFA 2018 colocou o Brasil como o país que mais vezes balançou as redes em Mundiais. No total, a Seleção Brasileira balançou as redes 228 vezes nos 21 Mundiais que participou.

Eram 227 gols. Mas, aos 42 minutos da etapa final, Firmino fez o segundo da Seleção Brasileira e ampliou o recorde para 228. Na Primeira Fase, Philippe Coutinho (2), Neymar, Paulinho e Thiago Silva também deixaram as suas marcas com a Amarelinha. Até o jogo desta segunda-feira (2), o Brasil estava empatado com a Alemanha, com 226 gols.

Já o camisa 10 se isolou como o quarto maior artilheiro da história da Canarinho com 57 gols. O seleto grupo é liderado por Pelé, o maior jogador de todos os tempos, com 95 bolas na rede. No segundo lugar, vem o fenômeno Ronaldo, com 67 gols marcados, uma a mais do que Zico, com 66, no terceiro lugar.

Confira a lista completa dos gols da Seleção Brasileira em Copas do Mundo:

Copa do Mundo de 1930 – Uruguai

  • Preguinho (3 gols)
  • Moderato (2 gols)

Copa do Mundo de 1934 – Itália

  • Leônidas da Silva (1 gol)

Copa do Mundo de 1938 – França

  • Leônidas da Silva (7 gols)
  • Perácio (3 gols)
  • Romeu (3 gols)
  • Roberto (1 gol)

Copa do Mundo de 1950 – Brasil

  • Ademir Menezes (9 gols)
  • Chico (4 gols)
  • Jair da Rosa Pinto (2 gols)
  • Zizinho (2 gols)
  • Baltazar (2 gols)
  • Alfredo II (1 gol)
  • Maneca (1 gol)
  • Friaça (1 gol)

Copa do Mundo de 1954 – Suíça

  • Julinho (2 gols)
  • Didi (2 gols)
  • Pinga (2 gols)
  • Djalma Santos (1 gol)
  • Baltazar (1 gol)

Copa do Mundo de 1958 – Suécia

  • Pelé (6 gols)
  • Vavá (5 gols)
  • Mazzola (2 gols)
  • Nilton Santos (1 gol)
  • Didi (1 gol)
  • Zagallo (1 gol)

Copa do Mundo de 1962 – Chile

  • Garrincha (4 gols)
  • Vavá (4 gols)
  • Amarildo (3 gols)
  • Pelé (1 gol)
  • Zito (1 gol)
  • Zagallo (1 gol)

Copa do Mundo de 1966 – Inglaterra

  • Garrincha (1 gol)
  • Pelé (1 gol)
  • Tostão (1 gol)
  • Rildo (1 gol)

Copa do Mundo de 1970 – México

  • Jairzinho (7 gols)
  • Pelé (4 gols)
  • Rivellino (3 gols)
  • Tostão (2 gol)
  • Clodoaldo (1 gol)
  • Gérson (1gol)
  • Carlos Alberto (1 gol)

Copa do Mundo de 1974 – Alemanha

  • Rivellino (3 gols)
  • Jairzinho (2 gols)
  • Valdomiro (1 gol)

Copa do Mundo de 1978 – Argentina

  • Roberto Dinamite (3 gols)
  • Dirceu (3 gols)
  • Nelinho (2 gols)
  • Zico (1 gol)
  • Reinaldo (1 gol)

Copa do Mundo de 1982 – Espanha

  • Zico (4 gols)
  • Falcão (3 gols)
  • Sócrates (2 gols)
  • Serginho (2 gols)
  • Éder (2 gols)
  • Oscar (1 gol)
  • Júnior (1 gol)

Copa do Mundo de 1986 – México

  • Careca (5 gols)
  • Sócrates (2 gols)
  • Josimar (2 gols)
  • Edinho (1 gol)

Copa do Mundo de 1990 – Itália

  • Careca (2 gols)
  • Müller (2 gols)

Copa do Mundo de 1994 – Estados Unidos

  • Romário (5 gols)
  • Bebeto (3 gols)
  • Raí (1 gol)
  • Márcio Santos (1 gol)
  • Branco (1 gol)

Copa do Mundo de 1998 – França

  • Ronaldo (4 gols)
  • Rivaldo (3 gols)
  • Bebeto (3 gols)
  • César Sampaio (3 gol)
  • Boyd (gol contra – Brasil x Escócia)

Copa do Mundo de 2002 – Japão e Coreia do Sul

  • Ronaldo (8 gols)
  • Rivaldo (5 gols)
  • Ronaldinho Gaúcho (2 gols)
  • Roberto Carlos (1 gol)
  • Edmílson (1 gol)
  • Júnior (1 gol)

Copa do Mundo de 2006 – Alemanha

  • Ronaldo (3 gols)
  • Adriano (2 gols)
  • Kaká (1 gol)
  • Fred (1 gol)
  • Juninho Pernambucano (1 gol)
  • Gilberto (1 gol)
  • Zé Roberto (1 gol)

Copa do Mundo de 2010 – África do Sul

  • Luís Fabiano (3 gols)
  • Robinho (2 gols)
  • Elano (2 gols)
  • Maicon (1 gol)
  • Juan (1 gol)

Copa do Mundo de 2014 – Brasil

  • Neymar (4 gols)
  • Oscar (2 gols)
  • David Luiz (2 gols)
  • Fred (1 gol)
  • Fernandinho (1 gol)

Thiago Silva (1 gol)

Créditos:Lucas Figueiredo/CBF

Fonte: CBF

Comente: