Prefeitura mantém cuidados para a saúde do trabalhador

Preocupada com a saúde dos trabalhadores da capital, a Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por meio da Rede de Atenção à Saúde do Trabalhador (Reast), do Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) e Vigilância à Saúde do Trabalhador (Visat), desenvolve diversas ações para a promoção da saúde dos trabalhadores formais, informais, públicos, privados, desempregados e aposentados.

O funcionário que foi vítima de acidente no ambiente de trabalho ou adquiriu uma doença devido à atividade profissional que exerce ou já exerceu, recebe atendimento especializado por meio do Cerest. São disponibilizados serviços como exames audiométricos e de voz, em parceria com a Universidade Federal de Sergipe, consultas médicas em saúde do trabalhador, recebimento de denúncias trabalhistas com investigação dos casos notificados, além de orientações sobre os cuidados necessários para a prevenção de acidentes de trabalho.

Yara Verônica

Uma equipe multidisciplinar com profissionais da área de saúde e segurança realiza visitas de matriciamento às empresas, vigilância em locais de trabalho e rodas de conversa para falar sobre os riscos de acidentes. “Realizamos um trabalho preventivo, os profissionais dão orientações sobre os riscos de acidentes de trabalho e, a partir do acidente ou doença adquirida, também orientamos o profissional para onde ele deve ir, o que deve fazer, quais exames realizar e onde fazer esses exames. Fazemos o encaminhamento para que ele tenha acesso à Rede de Atenção de Saúde”, explicou a  coordenadora da Reast, Yara Verônica. Além de Aracaju, o serviço atende municípios como Barra dos Coqueiros, Divina Pastora, Itaporanga D’Ajuda, Laranjeiras, Riachuelo, Santa Rosa de Lima e São Cristóvão.

De acordo com a coordenadora, há muitas dúvidas em relação ao serviço prestado pela unidade. “O Reast não realiza exames admissionais e demissionais, exames periódicos, atendimento de urgência e emergência de vítimas de acidentes de trabalho, nós oferecemos alguns serviços e acolhemos o trabalhador para que ele receba orientações sobre os riscos de acidentes”, especificou.

De acordo com dados da Visat, de janeiro a abril de 2018, foram notificados 126 casos de agravos em saúde do trabalhador. Dos agravos, predominaram os acidentes com exposição a material biológico com 65,87%, seguido de acidente grave com 17,46%, Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT) com 5,56%, Perda Auditiva Induzida por Ruído Ocupacional (PAIR) com 2,38% e transtorno mental com 0,8%. Desses, 90 ocorrências foram registrados em Aracaju e apenas 36 casos de acidentes de trabalhadores são de outros municípios.

Agravos

São 11 tipos de agravos notificados pela Visat, como acidentes com exposição a material biológico, acidente de trabalho grave, acidente de trabalho ilegal de crianças e adolescentes, acidentes fatais, cânceres, doenças de pele, DORT, LER, PAIR, doenças respiratórias causada pela inalação de substâncias químicas, transtornos mentais e intoxicações exógenas.

Para a coordenadora, o principal objetivo do Reast é implementar políticas públicas de atenção à saúde do trabalhador. “O nosso objetivo é voltar o olhar para o trabalhador na prevenção de acidentes e promoção da saúde, para que a gente sensibilize o profissional no cuidado da sua saúde no ambiente de trabalho, resgatando a qualidade de vida que o prefeito Edvaldo Nogueira tanto preza”, contou.

Servidor Saudável

Para cuidar da saúde mental e física dos servidores, o programa ‘Servidor Saudável’ da Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Juventude e do Esporte (Sejesp), em parceria com a Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog), atua nas secretarias municipais levando 15 minutos de exercícios físicos, duas vezes por semana, por meio da ginástica laboral.

Essa iniciativa evita algumas doenças adquiridas no ambiente de trabalho, como LER, DORT e traz benefícios como o alívio das dores corporais, estresse, melhora da postura e da saúde. Para a coordenadora do Reast, Yara Verônica, a ginástica laboral traz outros tipos de benefícios. “Para cuidar da saúde dos servidores temos as ginásticas laborais realizadas no meio do expediente que proporciona momentos de relaxamento através dos exercícios e também cria vínculos entre as pessoas, favorecendo um ambiente saudável no ambiente de trabalho, além da melhora da saúde desse servidor,” contou.

Contato

Para saber mais informações, é só ligar para os números (79) 3179-2737 ou 3179-2792 ou ir até o local na praça Durval de Andrade, 222, no bairro Atalaia. O e-mail é saude.reast@aracaju.se.gov.br -saudecrst@aracaju.se.gov.br – saude.visat@aracaju.se.gov.br. A Rede de Atenção à Saúde do Trabalhador funciona diariamente das 7h às 18h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *