Prefeitura já distribuiu mais de 90 mil máscaras para proteção contra o coronavírus

Como estratégia para reforçar as ações desenvolvidas contra a propagação do novo coronavírus, diminuindo as chances de transmissão do patógeno, a Prefeitura de Aracaju têm realizado diversas ações de distribuição de máscaras de proteção facial, tanto para os servidores quanto para a população. Desta maneira, desde o início da pandemia, a administração municipal já entregou mais de 90 mil destes insumos em diversos locais da cidade, como em feiras livres e mercados e nos terminais de integração do transporte coletivo.

O uso correto da máscara reduz o risco de contaminação e, por conseguinte, a proliferação do vírus, mas não deve ser encarado como a solução para a crise sanitária, conforme aponta o farmacêutico da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Lucas Nogueira. “A máscara deve ser colocada de maneira a cobrir totalmente tanto a boca quanto o nariz, uma vez que a transmissão do coronavírus se dá por gotículas suspensas no ar. Ainda assim, o uso não substitui a necessidade de manter o distanciamento social, a higienização adequada das mãos e limpeza de utensílios e superfícies”, orienta o farmacêutico.  
Nos dias posteriores à assinatura do decreto que determinou a obrigatoriedade do uso de máscaras nas vias públicas da capital, ainda no mês de abril, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) iniciou a distribuição de 50 mil unidades desse insumo nos terminais de integração e pontos de táxi da capital, buscando garantir acesso à proteção independente da situação financeira do aracajuano.  “Agentes de trânsito foram mobilizados para distribuir máscaras reutilizáveis nos terminais de ônibus e pontos de táxis da cidade. Além dos passageiros, funcionários do sistema e comerciantes locais também receberam a proteção extra. As ações foram realizadas em vários dias e nos horários de maior circulação de pessoas nos terminais”, explica o superintendente da SMTT, Renato Telles.

A empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), por sua vez, já distribuiu, desde março, nas feiras livres da capital, 20 mil máscaras. Além disso, possui em estoque ainda mais 5 mil a serem entregues. Desse total, foram adquiridas pela própria empresa 15 mil unidades, e outras 10 mil foram doadas pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio-SE), a partir de uma parceria com o Itaú.

Para a população em situação de vulnerabilidade social e servidores que atuam na linha de frente das ações de combate à covid-19, a Secretaria Municipal da Assistência Social distribuiu cerca de 16 mil máscaras, as quais foram doadas pela SMS, Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social e por órgãos da sociedade civil. Esses insumos foram distribuídos nas unidades socioassistenciais do município e também durante as ações realizadas pela secretaria, a exemplo da realocação das famílias que residiam na antiga ocupação das Mangabeiras. 
Na Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog) também houve aquisição e distribuição de 3 mil máscaras e álcool em gel para os servidores. Além disso, a pasta, disponibilizou totens com álcool em gel em diversos pontos da sede da Prefeitura, e tem realizado ações de orientações sobre os cuidados de precaução que devem ser adotados no tocante ao combate à covid-19. 
Também com equipes atuando na linha de frente das ações de enfrentamento ao novo coronavírus, a Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec) já distribuiu cerca 4.300 máscaras para os colaboradores dos órgãos que a compõem, assim como nas fiscalizações realizadas diariamente. 

Comente: