Prefeitura intensifica ações de monitoramento em toda a cidade durante as chuvas

Em dias de chuva, rotineiramente, a Prefeitura de Aracaju intensifica as ações de monitoramento e auxílio à população em diversas frentes de trabalho. Nesta terça-feira, 19, quando os pluviômetros registraram cerca de 42 milímetros de chuva na capital em apenas seis horas, equipes de diversos órgãos municipal atuaram em diversos pontos da cidade para atender às demandas decorrentes do volume pluviométrico. 
Logo no início da manhã, a Defesa Civil de Aracaju emitiu um alerta via SMS informando sobre a previsão de chuva, como destaca o secretário municipal da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida. 
“Recebemos o alerta de chuva do Instituto Nacional de Meteorologia, o Inmet, que informou sobre um volume de chuva de 20 a 50 milímetros para esta terça-feira e disparamos via SMS para manter a população informada. De pronto, diversas equipes dos órgãos municipais já estavam nas ruas para prestar o auxílio devido às pessoas. Como o alerta vai se estender, manteremos o alinhamento das ações e seguiremos o monitoramento, assim como outros serviços de manutenção da cidade para evitar transtornos durante as chuvas”, destacou o secretário. 
Durante toda a manhã, período em que a chuva foi mais intensa, equipes da Defesa Civil, Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) e Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) estiveram atentas sobre as principais ocorrências. 
De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Aracaju, major Silvio Prado, ao todo, foram registradas 10 ocorrências, até o final desta tarde.
“Foram registrados alagamentos em alguns pontos da cidade, o desabamento de um muro e a queda de uma árvore, sendo que, nestes últimos dois casos houve apenas danos materiais. Sobre os alagamentos, o mais intenso ocorreu na Jabotiana, no período mais intenso da chuva, mas, assim que o volume diminuiu, a água escoou. Além disso, não houve transbordamento de nenhum canal da cidade, o que mostra que o trabalho de manutenção realizado tem sido eficaz”, afirmou o major. 
As equipes da Defesa Civil monitoraram os bairros 18 do Forte, Jardim Centenário, Santos Dumont, 13 de Julho, Jardins, Farolândia, entre outros pontos, sobretudo da zona Norte da cidade, a exemplo da avenida Euclides Figueiredo que, ao contrário do que ocorria antes da obra realizada pela Prefeitura, não apresentou alagamento. 
“Amanhã (20) a tendência é que haja menos chuvas e, na quinta (21) há previsão de chuva um pouco maior, muito parecida com a de hoje. Vamos emitir alertas a cada 24 horas porque a previsão pode mudar de um dia para o outro, mas, manteremos a população informada e as equipes seguem atentas”, frisou o coordenador da Defesa Civil 

Comente: