Obra da Praia Formosa continua a todo vapor

A Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) trabalha para finalizar uma obra que se transformará em mais um belo cartão postal: a urbanização da Praia Formosa. Com esta realização, a administração municipal corrige os riscos os quais estavam expostos quem mora ou transita na região da avenida Beira Mar, além de potencializar o turismo da nossa capital. A obra também significa mais um presente para a população, através de um novo e belo espaço de lazer em uma área urbanizada com o que há de mais moderno no âmbito arquitetônico.

Orçada em R$ 4 milhões com recursos próprios, obra continua avançando e as estruturas verticais estão sendo construídas conforme o cronograma e o projeto inicial.

Com uma área sustentável de 20 mil metros quadrados, a orlinha possuirá grandes atrativos para a população: equipamentos de ginástica para prática de atividades lúdicas de crianças, jovens, adultos e idosos; um espelho d’água, para oferecer o devido requinte aos usuários; parede de escalada, ciclovias e carrosséis; e um mirante com teto de gramíneas verdes e um píer para contemplar a bela vista que o leito do Rio Poxim oferece.

Estarão dispostos por toda a extensão do local alguns quiosques para acomodar aracajuanos e turistas. O local também vai oferecer acesso à internet e terá garantido todos os requisitos para atender usuários de cadeiras de rodas e pessoas com dificuldades de locomoção. A inclusão se faz necessária para a Prefeitura de Aracaju que, com essas e outras medidas, prova seu compromisso com a cidadania.

Segurança e Iluminação

Pensando na segurança de quem vai usufruir do novo cartão postal, a Prefeitura vai implantar um posto policial no local para fazer o patrulhamento e aumentar a tranquilidade, não só de quem vai visitar a renovada Praia Formosa, mas também das adjacências.

Como outro importante recurso de segurança, serão instaladas lâmpadas de LED, que são mais potentes e mais econômicas que as vapor de sódio e de vapor metálico. A sustentabilidade na iluminação pública também é valorizada pela PMA: placas fotovoltaicas serão montadas para absorver o calor do sol e transformá-lo em energia a fim de reduzir os custos com energia elétrica.