Maria do Carmo assume a Secretaria da Família e Assistência Social

Na tarde desta sexta-feira, 13, o Prefeito de Aracaju, João Alves Filho, empossou a primeira-dama da capital, Maria do Carmo Alves, para o cargo de secretária municipal da Família e da Assistência Social. A solenidade de posse aconteceu na Praça do Loteamento Paraíso Sul, no Bairro Santa Maria, e contou com a presença de populares que aplaudiram a chegada da nova secretária.

O dia da transmissão de cargo virou uma grande festa, onde aconteceu o primeiro encontro cultural da Associação de moradores do Paraíso do Sul.  Moradores da região e adjacências puderam mostrar os talentos locais, através das suas artes, o resultado foi um dia com apresentações de Bandas, rodas capoeira e apresentações de ballet.

Bastante empolgado com a chegada da primeira dama, que se soma aos trabalhos da prefeitura, o Prefeito João Alves lembra o que fez com que o povo batizasse Maria como a mãe dos pobres. “Essa é a Dona Maria que conhecemos, uma mulher que não tem vaidades, não se preocupa em ser chamada de Senadora. Ela se preocupa em trabalhar pelo melhor e pelo bem do povo sergipano e agora pelo povo aracajuano. As pessoas sabem da capacidade de trabalho da Maria do Carmo. Ela é uma pessoa que tem uma capacidade de trabalho extraordinário, Já conheci várias pessoas que gostam de trabalhar até igual a mim, só que mais do que eu só Maria. A vinda de Maria para a secretaria da família já vinha sendo pensada por nós, mas só agora pudemos consolidar esse desejo. Agora ela vem para executar um grande trabalho direcionado para a população mais pobre de Aracaju”, afirma.

A secretária empossada, Maria do Carmo Alves, não esconde a alegria em trabalhar direto com o povo e diz que vai trabalhar como gosta. Fui nomeada na última quarta-feira, porque foi o dia em que o meu primeiro suplente tomou posse e hoje venho para a transmissão de cargo. Fiz questão de que a posse fosse aqui, onde tenho muitos amigos. Estar aqui é uma forma de prestigiar todos que acreditam no meu trabalho, onde, também, me sinto prestigiada com a presença de todos eles. O momento é de grande dificuldade para todas as prefeituras e para todo o país, então venho me somar ao prefeito para que, junto com os outros secretários, possamos fazer um bom trabalho”, declara.

O vice-prefeito, José Carlos Machado, relembra a história de Maria do Carmo ao lado de João Alves enquanto governador do Estado. Foram três mandatos, onde ela construiu uma história ligada às causas sociais. “Maria tem uma história de vida em busca de soluções dos problemas dos mais pobres. Eu acho que o quadro de assessores, do primeiro escalão, da prefeitura cresce muito com a chegada da primeira dama. Estou absolutamente convencido de que ela vai impulsionar os trabalhos da área social, que já vinham sendo muito bem conduzidos pela Selma Mesquita, mas a presença dela vai servir como estímulo para os demais secretários”, reforça.

Na oportunidade o Presidente da Câmara de Vereadores, Vinícius Porto, levou  o projeto encaminhado pelo prefeito João Alves Filho, que autoriza a execução do Programa Pró Mulher Pró Saúde. E, em um ato solene o Projeto, agora Lei foi sancionado pelo prefeito de Aracaju. O programa passa a ser uma parceria com a Secretaria Municipal da saúde e Secretaria Municipal da família.

O Presidente da Câmara ressaltou que “esse projeto, que foi encaminhado pelo prefeito João Alves, vai fazer com que o trabalho do Pró Mulher seja ampliado. Algumas ações não chegavam até o cidadão e agora está amplo e com a participação efetiva da Secretaria Municipal de Saúde. Estamos contemplados por este projeto, que tem grande importância social, ressalta.

O Senador em exercício, que substituiu a Maria do Carmo Alves no senado federal, o Ricardo Franco diz que a responsabilidade é muito grande em substituí-la, pois o tem um belo trabalho nestes mandatos. “Pedi a orientação da Dona Maria do Carmo para que eu possa conduzir as coisas de acordo com todos os seus projetos na vida pública. Vendo ela assumir o cargo de secretária, não há dúvidas de que é um ganho para o povo”, declara.

A dona de casa Rosângela Vieira fez questão de mostrar o seu carinho pela secretária Maria do Carmo, onde relatou todos os serviços prestados e o amor que ela tem pelo povo de Aracaju. “Quando eu soube que ela ia tomar posse eu fiquei muito feliz. Primeiro por saber que se trata de uma pessoa de responsabilidade e segundo porque ela foi e é a mãe da pobreza. Dona Maria tem um trabalho belíssimo com a pobreza e peço a povo dessa região que deem um abraço de carinho e de apoio, porque ela é digna de receber. Com toda essa decadência que o país está passando, podemos dizer que temos uma pessoa que olha pelos pobres, que é Maria do Carmo,”, afirma.

Para Sheila Vieira Ramos, presidente da Associação de Moradores do Conjunto Paraíso do Sul, é grande a satisfação em ter Maria do Carmo tratando direto com o povo. “Ela sempre foi uma pessoa voltada à caridade, à obra social e quem ganha com isso são os aracajuanos. Nós pedimos e ela atendeu voltando para os braços desse povo sofrido, reforça.

PRESENÇAS

Bastante prestigiada, a solenidade contou com a presença do Senador Eduardo Amorim, da Procuradora de Justina, Cristina Brandi, do ex-governador Albano Franco,  do secretário de Comunicação Social, Carlos Batalha, do secretário de Infraestrutura, Luiz Durval, do secretário do Esporte e da Juventude, Carlos Eloy, do secretário de Orçamento Gestão, Planejamento e  Gestão, Igor Albuquerque, da secretária de Governo, Marlene Calumby, do Superintendente da SMTT, Nelson Felipe, da presidente da Fundat, Gláucia Guerra, da presidente da Emurb, Socorro Cacho, o Presidente da Emsurb, Humberto, o Procurador-geral do Município, Carlos Pinna Júnior, e o secretário de Saúde, Luciano Paz. Além do deputado federal Adelson Barreto, dos deputados estaduais Capitão Samuel, Augusto Bezerra, Venâncio Fonseca e Silvia Fontes, e dos Vereadores Renilson Felix, Vinicius Porto, Agamenon Sobral, Ivaldo José, Dr. Gonzaga, Dr. Agnaldo, Adriano Taxista, Roberto Moraes, Nitinho, Bigode e Valdir Santos.

HISTÓRIA

No ano de 1996, filiada ao Partido da Frente Liberal (PFL), obteve o terceiro lugar na disputa pela prefeitura de Aracaju, em sua primeira disputa eleitoral. Na eleição seguinte, 1998, elegeu-se senadora da República por Sergipe, em 2003 assumiu a Secretaria da Pobreza, onde implementou, entre outros projetos de sucesso, o programa Casa de Taipa.

Reelegeu-se nas eleições em 2006, licenciou-se do mandato por motivo de saúde em março de 2008, assumindo seu primeiro-suplente, Virgílio Carvalho.

Retornou no início de 2009 e 3 anos após João Alves Filho se eleger prefeito de Aracaju, Maria do Carmo resolveu licenciar-se para assumir a pasta municipal de assistência social.

Conforme seu marido, o político João Alves Filho que assumiu cargos no executivo como Governador e Prefeito da cidade de Aracaju, Maria do Carmo reveza funções atuando no senado e nas Secretarias de Assistência Social junto a comunidades carentes, realizando periódicas distribuições de alimentos e cestas-básicas em comunidades carentes, bem como a viabilização de exames preventivos de câncer cervical em mulheres. Deste modo, o portfólio eleitoral dela sempre é a ajuda pontual a famílias carentes.

Em 2014, foi eleita para o seu terceiro mandato com senadora, derrotando o deputado Rogério Carvalho (PT).

Agora, licenciou-se do mandato de Senadora da República, para assumir a Secretaria de Família e Assistência Social de Aracaju. Em seu lugar o primeiro suplente, Ricardo Franco (DEM), assume a cadeira no Senado.

 

Comente: