Desfile de 07 de setembro marca Dia da Independência e reúne população na Barão de Maruim

Governador Jackson Barreto acompanhou a solenidade cívico militar, que este ano foi desenvolvida a partir do tema ‘Tecnologia a Serviço da Educação’

O tradicional desfile de 07 de setembro da capital sergipana levou, na manhã desta quarta, estudantes, militares, representantes de instituições aracajuanas e cidadãos para a avenida Barão de Maruim. O governador Jackson Barreto acompanhou a solenidade cívico militar, que celebra os 194 anos de Independência do Brasil, e este ano foi desenvolvida a partir do tema ‘Tecnologia a Serviço da Educação’.

“Esse tema envolve tecnologia e modernidade. E no desfile houve uma bela apresentação sobre as etapas da comunicação até chegar aos dias de hoje, nos quais há redes sociais, robótica e muitas outras inovações. Foi um evento muito bonito e inspirador, onde a população, que está cada vez mais imbuída de seu espirito cívico, participou alegre e feliz, e a Polícia Militar desfilou garbosamente. Fico muito feliz de estar aqui. Já participei como estudante e agora participo como governador”, declarou Jackson Barreto.

O começo da solenidade foi marcado pelo hasteamento das bandeiras do Brasil, Sergipe, Aracaju e Mercosul, realizado, respectivamente pelo governador Jackson Barreto, secretário de Estado da Segurança, João Batista, os comandantes da 19ª Circunscrição do Serviço Militar, Gladson Sales Alves, e do 28 Batalhão de Caçadores, Marcus Aurélio Kuster. Posteriormente, ocorreu a parada militar, com presença da Marinha, Exército, Aeronáutica, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar de Sergipe, Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal de Aracaju e Colégio Militar de Sergipe.

Além de homenagear os policiais militares feridos em serviço, a parada militar teve participação dos ex-combatentes do Brasil, seccional Sergipe, e de crianças do programa Segundo Tempo, de iniciativas esportivas, e ainda do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). O Grupamento Tático Aéreo (GTA) preparou apresentação destinada a solenidade, com participação de duas aeronaves.

De acordo com o secretário de Estado da Segurança Pública, João Batista, 07 de setembro é um dia muito importante, pois celebra a cidadania, democracia, liberdade do povo brasileiro e sergipano, e promove o resgate da autoestima da população. Sobre o GTA, que sobrevoou a avenida Barão de Maruim, Batista destacou que é um instrumento da segurança. “Ele atua não só no combate à criminalidade, como oferece muito suporte a Secretaria de Saúde e atua em qualquer tipo de catástrofe, pois tem mobilidade e nós conseguimos chegar o mais rápido possível no local do evento”.

O empresário José Andrade conta que já foi militar, desfilou em Aracaju e não deixa de acompanhar a solenidade cívico-militar. “Toda vez que estou em Aracaju venho assistir ao desfile. Acredito que, assim como eu, outros cidadãos também devem sair de casa para presenciar esse ato”, declarou.

Após a parada militar, a terceira etapa da solenidade seguiu com a participação de alunos e representantes de instituições de Aracaju. Ao todo, participaram do desfile cívico estudantil 15 escolas estaduais, uma unidade de ensino em representação a Diretoria Regional de Educação 08 (DRE), quatro colégios particulares e ainda 10 grupos de pelotões comunitários. Na ocasião, a população também pode acompanhar a passagem de dois carros alegóricos, 15 tripés temáticos e 15 robôs construídos por alunos do Colégio Estadual Francisco Rosa.

Sobre o uso de novas tecnologias em favor do ensino em Sergipe, o secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho, declarou que o órgão investe em inovações para atender a uma das metas estabelecidas pelo governador, que é a melhora da qualidade do ensino. “E nós temos utilizado esses meios exatamente para fazer com que as gestões da sala de aula, de aprendizagem, de escola e de toda rede da Secretaria de Educação ganhem em eficácia e produtividade”, pontuou.

A aposentada Margarida Santana fez questão de acompanhar toda a solenidade cívica e conta que tem o costume de comparecer ano após ano. “Aqui lembro da minha juventude, pois sempre desfilei desde mocinha. Comecei vindo para a avenida com o Colégio Jackson de Figueiredo e achava muito bonito estar junto a banda. Depois fui estudar na Escola Normal e achava uma maravilha participar disso tudo. Considero bonita a disposição dos jovens de virem aqui e atuarem nesse dia simbólico e inspirador”

A rede estadual de ensino contou com a participação das escolas: Dr. Manoel Luiz, Professor João Costa, Ministro Petrônio Portela, Francisco Rosa, José Rollemberg Leite, Professor Paulo Freire, José Alves do Nascimento, Monsenhor Carlos Carmélio Costa, 24 de Outubro, Nelson Mandela, Barão de Mauá, Olavo Bilac, Governador Valadares, Valnir Chagas, Atheneu Sergipense e Neide Mesquita. Já as unidades de ensino particulares participantes foram: Colégios Brasil, Pio Décimo e Unificado e o Centro Educacional Sonho Meu.

Além dos alunos, ex-estudantes do Colégio Atheneu Sergipense marcharam pela Barão de Maruim. O governador acompanhou a passagem deles e conta que se emocionou. “Chorei e fui às lágrimas. Foi maravilhoso ver meu colégio e algumas figuras que conhecemos naquela casa. São muitas saudades. Como ex-aluno do Atheneu, quero deixá-lo com uma reforma para ninguém nunca mais esquecer nossa passagem pelo governo”.

Seguido do desfile estudantil, somou-se ao evento o pelotão comunitário, composto por: Escoteiros do Brasil, Federação de Bandeirantes do Brasil, Clube de Desbravadores, Escoteiros Del Rey, Grupo de Alunos do Projovem, Grupo Cultural de Dança Peneirou Xerém, Associação da Polícia Mirim de Cosmópolis, Legião da Boa Vontade, Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Grande Loja Maçônica do Estado de Sergipe.

O estudante Kristen Barbosa, do Colégio Manoel Luiz, desfilou na Barão de Maruim pela segunda vez e disse que gostou muito. “Para mim, é um ato de patriotismo, no qual sirvo de exemplo para outras pessoas. Fiquei satisfeito e próximo ano quero estar aqui de novo”. Já a aluna Stefany Mota, do Colégio Brasil, desfilou pela primeira vez. “Achei bem legal. Como já tinha vindo assistir a solenidade em outras ocasiões, tive vontade de participar este ano. Acredito que estar aqui é um ato de respeito a pátria e que traz a todos uma sensação maravilhosa”, resumiu.

Com o intuito de ajudar na renda de casa, a vendedora Josineide dos Santos também foi para o local do desfile. Ela conta que há 28 anos vai a Barão para faturar dinheiro. “Trouxe algodão doce e bolinhas de plástico, pois é algo atrativo para as crianças e consigo juntar cerca de R$ 250, dinheiro que já vai ajudar em casa. Aqui, além de trabalhar, aproveito para assistir aos desfiles. Inclusive, volto para casa com o celular cheio de filmagens e fotos de tudo o que vi aqui”, comentou.

Presenças

Acompanharam o desfile o vice-governador, Belivaldo Chagas, presidente da Assembleia Legislativa, Garibalde Mendonça; secretários de Estado da Agricultura, Esmeraldo Leal, da Saúde, Conceição Mendonça, e do Esporte e Turismo, Saulo Eloy; diretores presidentes da Deso, Carlos Melo, do Ipesaúde, Christian Oliveira, do SergipeTec, Manoel Hora, Jucese, George Trindade e do Detran, coronel Luiz; secretário-chefe da Controladoria-Geral do Estado, Eliziário Sobral; delegado geral da Polícia Civil, Alessandro Vieira; comandante geral da Polícia Militar, Marcony Cabral; superintendentes executivos da Educação, Marieta Barbosa, e da Segurança Pública, José Pereira de Andrade Filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *