CDL lança câmara de mediação para solucionar conflito entre consumidores e lojistas

Será lançada na próxima terça-feira, 14, a partir das 9h, na sede da CDL/Aracaju, rua Santa Luzia, 570, a câmara de mediação e solução de conflitos entre a parte dos clientes e dos associados da entidade (lojistas), visando a negociação ou renegociação de dívidas pendentes.

A CDL está oferecendo aos seus associados a parceria com uma consultoria jurídica para realizar a mediação e renegociação de dívidas para que o lojista possa ter a garantia de recuperação do crédito.

De acordo com a advogada Ana Sarmento, que vai coordenar a ação, “trata-se de uma Câmara Privada de Conciliação, Mediação e Arbitragem para métodos alternativos de mediação de conflitos”.

Uma equipe estará de plantão em uma sala de apoio na própria CDL, às terças e quintas-feiras, das 9 às 16h, fazendo um trabalho contínuo de consultoria aos associados que necessitarem do serviço.

Ela afirmou ainda que o serviço tem a validação do Conselho Nacional de Justiça, e que o acordo que for feito tem título executivo, ou seja, se a parte devedora não cumprir o acordado, o credor poderá executar.

Nome fora do SPC – O presidente da CDL, Brenno Barreto, destacou que a mediação é de extrema importância, pois além de garantir a mediação do conflito, ainda diminui bastante os custos do lojista e também ajuda a dar crédito ao consumidor, que poderá quitar suas dívidas parceladamente e ver seu nome livre do SPC/Serasa.

“Nossa preocupação é que isso atinja aos associados. Esse serviço prestado garantirá um grande retorno, com a redução do custo processual, pois o lojista que fizer a mediação através da consultoria, não precisará ir ao judiciário, evitando assim um grande gasto”, explicou.

Contatos para entrevistas : Dra. Ana Sarmento 99137-6803

Comente: