“CC’s de Edvaldo já superam o de João”, relata Elber

O vereador Elber Batalha (PSB) voltou a falar sobre os cargos comissionados e os funcionários fantasmas lotados na Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA). O parlamentar citou em sua fala uma matéria que foi veiculado no início desta semana no jornal virtual Cinform, que trouxe denúncias do Sepuma em relação a diversos casos da gestão do prefeito Edvaldo Nogueira.

O líder do PSB na Câmara disse quedas acusações do Jornal Cinform são muito graves. Segundo Elber, são acusações que dizem que a PMA pagou R$5 milhões apenas de cargos comissionados, sendo que o ex-prefeito João Alves também pagou esse valor no final de sua gestão. “Isso mostra uma incoerência de Edvaldo Nogueira, já que ele mesmo baixou um decreto em janeiro de 2017 onde ele diz que reduziria em 50% os cargos em comissão trabalhados por João Alves. Fazendo uma rápida conta, era para Edvaldo gastar com cargos cerca de R$2,5 milhões, no máximo. O que esperar de uma gestão que não cumpre uma portaria que ele mesmo impôs para si?”, indagou.

Elber Batalha lembrou também as denúncias do Cinform e do Sepuma em relação aos cargos fantasmas que permeiam a gestão do prefeito Edvaldo Nogueira. “Os fantasmas da gestão de João continuam ‘assombrando’ os corredores da Prefeitura de Aracaju. O pior de tudo é que a matéria coloca o prefeito como atestante das presenças dos fantasmas em seu gabinete. São muito preocupantes as acusações dos jornais e do sindicato, não podemos deixar que esse assunto passe ao largo. O prefeito não pode se calar, que nem fez quando foi acusado de desvios pela Operação Babel”, finalizou.

Por Luciana Gonçalves, Assessoria de Imprensa do parlamentar —

Comente: