Campanha estimula pequenos comerciantes de Sergipe


 
Pedir comida no restaurante da esquina e realizar compras no mercadinho do bairro estão
fazendo a diferença para milhares de comerciantes que atuam em Sergipe. Além da facilidade
de comprar pertinho de casa, os clientes podem ajudar a economia das cidades e pequenos
negócios em todos os municípios sergipanos.
 
Segundo especialistas, os pequenos empreendedores foram os mais prejudicados na economia
do país, porque os grandes, de alguma forma, têm capital de giro e como se manter. De acordo
com levantamento feito pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas
Empresas), pelo menos 600 mil micros e pequenos comércios até abril já fecharam as portas.
 
Em Sergipe, o Banese Card, cartão administrado pela Seac – Sergipe Administradora de
Cartões e Serviços, está liderando um movimento intitulado #comprepertinho, que tem o
objetivo de incentivar a população sergipana a priorizar compras em pequenos negócios de
bairro. “Vivemos um momento delicado. É hora de buscarmos ideias e ajudarmos a todas as
empresas que foram afetadas”, diz Lourival Nolasco de Carvalho Junior, Superintendente de
Adquirência de Cartões da Seac.
 
Uma campanha está lembrando nas redes sociais, no rádio e na televisão que comprar em
pequenos comércios, como mercearia de bairro e padaria, faz o dinheiro circular na própria
cidade e ajuda a cuidar da saúde financeira destes empreendedores. “Eles representam mais
de 65% do comércio em geral e tem grande relevância na economia como um todo. As
informações que dispomos apontam que já tiveram queda de pelo menos 70% em razão da
pandemia”, revela Lourival Junior.
 
O movimento #comprepertinho pretende mobilizar o maior número de pessoas possíveis para
que façam suas compras em pequenos negócios. “Acreditamos que através da campanha
podemos conscientizar e educar as pessoas neste sentido”, afirma Lourival Júnior.
 
E você, já comprou pertinho hoje?

Comente: