PF faz operação contra fraude em prêmios da loteria em SE e outros cinco estados

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.pxYorBfZWqA Polícia Federal está realizando na manhã desta quinta-feira (10), a “Operação Desventura” com objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada em fraudar o pagamento de loterias da Caixa Econômica Federal por meio da validação fraudulenta de bilhetes de loteria.

Estão sendo cumpridos 54 mandados judiciais, sendo cinco prisões preventivas, oito temporárias, 22 conduções coercitivas e 19 buscas e apreensões, nos estados de SE, GO, BA, SP, PR e no DF.

O esquema criminoso consistia em validação de bilhetes falsos por gerentes da Caixa que viabilizavam o recebimento do prêmio por meio de suas senhas. Os gerentes eram recrutados por correntistas do banco com grande movimentação financeira, entre eles um ex-jogador de futebol da seleção brasileira, que ainda não teve o nome revelado.

Os valores dos prêmios não sacados seriam destinados ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). Em 2014, ganhadores de loteria deixaram de resgatar 270,5 milhões em prêmios da Mega-Sena, Loteca, Lotofácil, Lotogol, Quina, Lotomania, Dupla-sena e Timemania. Com a operação fraudulenta, pelo menos R$ 60 milhões foram desviados.

Os envolvidos responderão por organização criminosa, estelionato qualificado, tráfico de influência, corrupção ativa e passiva, falsificação de documento público, evasão de divisas.

A investigação conta com o apoio do Setor de Segurança Bancária Nacional da Caixa Econômica Federal.

Fonte: A8SE  Com informações da PF/GO

Comente: