Dois dos 11 que planejavam atentado no Carnaval de Salvador vivem na Bahia

Membro de grupo ligado ao Estado Islâmico mirava folia baiana por ter ‘mais pessoas’

 

Moradores das cidades de Candeias, no Recôncavo baiano, e de Itamaraju, no Sul do estado, respectivamente, Matheus Pinaffo, 24 anos, e outro jovem de iniciais A.A.S., 22 anos, fazem parte de um grupo formado por 11 pessoas acusadas de promover o Estado Islâmico (EI) no Brasil. Segundo as investigações, eles planejavam um atentado terrorista no País, sendo um dos locais discutidos entre os suspeitos o Carnaval de Salvador.

Entre as evidências de que eles realmente tinham intenção de levar o plano adiante estão instruções para a fabricação de explosivos encontradas no celular de Welington Moreira de Carvalho, 48, que está preso. Outro indício seria uma troca de mensagens pelo celular entre Jonatan da Silva Barbosa e Brian Alvarado – um peruano que não está entre os acusados. No diálogo, eles discutem um ataque no Carnaval, sendo a festa do Rio de Janeiro outro possível alvo.

Foto: Arisson Marinho/Arquivo CORREIO

Leia mais em Correio 24horas

Comente: