Cármen Lúcia visita Hospital de Custódia Psiquiátrico e presídio feminino em Sergipe

 

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, chegou hoje (16) pela manhã a Aracaju e, do aeroporto, foi direto para o Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico da capital sergipana.

 

A unidade abriga 70 internos e é alvo de denúncias do Conselho Regional de Psicologia e do Ministério Público Estadual por problemas de estrutura  e atendimento.

 

Em seguida, ela visitou o presídio feminino no município de Nossa Senhora do Socorro, na grande Aracaju. A unidade tem capacidade para 58 detentas, mas hoje abriga quase 150, segundo dados da Secretaria de Justiça do estado.

 

A ministra do STF ainda participou de uma reunião de trabalho com desembargadores e juízes do Tribunal de Justiça de Sergipe.

 

A viagem da ministra faz parte de uma agenda de visitas a vários estados com o objetivo de avaliar a situação do sistema prisional brasileiro.

Josafá Neto, da Rádio Ufes

 

Comente: